i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

PM do Rio faz operação em bairro onde soldado foi morto

Os militares tentam prender envolvidos na morte do soldado do Batalhão de Choque David Lopes Athanasio, de 25 anos, que teve o carro atingido por mais de 30 de tiros quando saía de uma academia no bairro

  • PorAgência Estado
  • 23/07/2014 06:37

A Polícia Militar faz operação na manhã desta quarta-feira (23) no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Os militares tentam prender envolvidos na morte do soldado do Batalhão de Choque David Lopes Athanasio, de 25 anos, que teve o carro atingido por mais de 30 de tiros quando saía de uma academia no bairro, em 30 de junho.

Segundo o setor de inteligência da PM, um traficante da região, identificado como Schumacher, teria ordenado o ataque. Participam da ação PMs do Choque, do 7º BPM (São Gonçalo), do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Grupamento Aeromóvel (GAM) e do Batalhão de Ações com Cães (BAC).

Presos

A Polícia Civil fez operação esta semana para desarticular duas quadrilhas especializadas em roubo de cargas em Nova Iguaçu e São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e também na Pavuna, na zona norte do Rio. Dez pessoas foram presas; armas, carros e motocicletas foram apreendidas na ação da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas.

O primeiro grupo, que atuava na Baixada, tinha como principal alvo cargas de bebidas, segundo a polícia. Com os seis suspeitos presos, foi apreendida também uma "espingarda" de ar comprimido que eles usavam, de acordo com os policiais, para intimidar os motoristas. "Com a quadrilha, também foram encontrados vestuários de uma empresa de bebidas e de uma empresa de obras que eram usadas para bloquear as ruas, facilitando a abordagem dos caminhões', informou a polícia civil.

O segundo grupo atuava no roubo de cargas de eletrodomésticos, cigarros, laticínios e carnes na Pavuna, inclusive na rodovia Presidente Dutra (que liga SP ao Rio) e na Avenida Brasil. Os quatro integrantes da quadrilha foram presos na segunda-feira. Segundo a polícia, parte dos produtos roubados era levada para comunidades de Duque de Caxias, também na Baixada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.