i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
No Rio de Janeiro

PMs são baleados em tiroteio na Vila Cruzeiro

Um dos agentes, um cabo, teria se ferido na perna; o outro, um soldado, foi atingido na barriga. Ambos não correm risco de morrer, segundo a PM

  • PorAgência Estado
  • 25/08/2014 09:48

Dois policiais militares foram baleados na noite deste domingo (24), em tiroteio com criminosos na Vila Cruzeiro, uma das comunidades do complexo da Penha, na zona norte do Rio, ocupado por Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). Um dos agentes, um cabo, teria se ferido na perna; o outro, um soldado, foi atingido na barriga. Ambos não correm risco de morrer, segundo a PM.

O conjunto de favelas da Penha fica ao lado do complexo do Alemão; ambos foram ocupados juntos pelas Forças Armadas, em novembro de 2010, que posteriormente passaram o comando para a PM do Rio, por meio das UPPs.

Segundo a PM, os militares faziam patrulhamento por volta das 20h na divisa entre a Vila Cruzeiro e a Parque Proletário, outra comunidade da Penha. Os PMs teriam sido surpreendidos pelos tiros e responderam ao ataque. Os militares feridos foram encaminhados ao hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, e passam bem, de acordo com a polícia.

Confrontos

No domingo (24), mais um PM de UPP morreu no Rio: de folga, dois policiais da UPP da Mangueira foram atacados por uma dupla numa motocicleta em Irajá, na zona norte da cidade. O sargento Flávio Figueiredo Lordello morreu no local. O outro PM, não identificado, foi levado para o hospital; ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

No Morro dos Macacos, em Vila Isabel, também na zona norte, dois PMs da UPP local foram recebidos a tiros quando faziam patrulhamento pela rua Senador Nabuco, que dá acesso à comunidade. O soldado Valter Andrade, de 29 anos, foi atingido na coxa, internado no Hospital Federal do Andaraí e seu estado é grave. O outro soldado foi atingido de raspão na cabeça e já recebeu alta.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.