i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Urbanidade

Polícia detém 20 homens no Rio por urinar nas ruas

O objetivo da ação é deixar claro aos frequentadores que urinar em espaços públicos é uma contravenção penal

  • PorAgência Estado
  • 07/02/2010 14:44

Cerca de 20 homens foram detidos no fim de semana no Rio de Janeiro por urinar nas ruas. Eles estavam em blocos de carnaval e foram flagrados por agentes da Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop), da Prefeitura. A maior parte estava no Simpatia é Quase Amor, bloco de Ipanema que atraiu milhares de pessoas ao bairro, na tarde deste domingo (7). Todos foram levados a delegacias e autuados por atentado ao pudor, mas não ficaram presos nem tiveram de pagar multa.

O objetivo da Seop é deixar claro aos frequentadores que urinar em espaços públicos é uma contravenção penal, e que quem for pego terá de passar pelo transtorno de deixar o bloco e passar horas numa delegacia. Assim, espera-se que as pessoas - não só homens, mas também mulheres - se conscientizem de que devem usar os banheiros químicos instalados nas ruas.

A Seop destacou cerca de 400 agentes por turno de 8 horas para trabalhar no controle urbano no período pré-carnavalesco e durante a folia. Este ano, o número de banheiros químicos disponibilizados é de quatro mil, o dobro do que o disponibilizado no ano passado. Com o crescimento do carnaval de rua do Rio - estima-se que 2,5 milhões de pessoas acompanhem os blocos -, a questão é considerada prioritária, uma vez que provoca muitas reclamações por parte da população.

Os foliões presos alegam que não existem banheiros suficientes e que, por isso, optam por utilizar calçadas, canteiros e árvores. "É inadmissível. As pessoas devem brincar e se divertir, mas com educação", diz o secretário especial da Ordem Pública, Rodrigo Bethlem.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.