Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. PRE do PR equipa viaturas com computadores super resistentes

Tecnologia

PRE do PR equipa viaturas com computadores super resistentes

Aparelhos terão conexão ininterrupta com a internet, o que vai agilizar o acesso a dados sobre condutores e veículos

  • Breno Baldrati
Tablet que será usando pela Polícia Rodoviária Estadual é um dos mais resistentes do mercado e custou R$ 20 mil |
Tablet que será usando pela Polícia Rodoviária Estadual é um dos mais resistentes do mercado e custou R$ 20 mil
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

PRE do PR equipa viaturas com computadores super resistentes

A Polícia Rodoviária Estadual do Paraná (PRE-PR) anunciou nesta terça-feira (20) a compra de 60 computadores ultraportáteis para agilizar o acesso a dados sobre condutores e veículos durante as operações nas estradas. Os aparelhos, do modelo CF-U1, da Panasonic, serão distribuídos entre os 51 postos da PRE estadual de acordo com o tamanho da população de cada região. Segundo o tenente Sheldon Keller Vortolin, todos os computadores estarão em funcionamento até o fim desta semana.

Equipados com Windows XP, câmera digital, GPS e conexões Bluetooth, Wi-Fi e 3G, os ultraportáteis fazem parte da família ToughBook da Panasonic – a linha de máquinas robustecidas da fabricante japonesa, feita para trabalhos em ambientes hostis. De acordo com a empresa, o CF-U1 é resistente a quedas de 1,80 m, variações bruscas de temperatura, derramamento de líquidos e trepidações.

A aquisição teve um custo de R$ 1,2 milhão, incluindo os aparelhos, desenvolvimento de software e treinamento de pessoal. O governo usou recursos do fundo das concessionárias das rodovias para realizar a compra.

Banco de dados

A Companhia de Informática do Paraná (Celepar) e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) trabalharam juntos nos últimos oito meses no desenvolvimento de um software para a aplicação de autos de infração on-line. Com isso, as multas serão cadastradas automaticamente no sistema do órgão de trânsito. Os policiais também poderão dar início ao boletim de ocorrência diretamente do local do evento, o que deve reduzir a possibilidade de erros nos registros, prevê Vortolin.

“Esses registros eram feitos manualmente e depois repassados para o computador no posto policial. Com a máquina nas mãos e acesso à internet, a possibilidade de erro é muito menor. O software já acusa, por exemplo, se o número daquela placa ou o modelo do carro estão corretos”, afirma o tenente.

Além do banco de dados do Detran, o equipamento terá acesso a informações do sistema penitenciário, Instituto de Criminalística e ao Infoseg, sistema federal responsável pela interligação dos bancos de dados de todos os órgãos de segurança pública do país.

Para a PRE, outra vantagem do equipamento é a possibilidade de registro da situação nas estradas, por meio de fotos ou vídeos, em tempo real. “O comando vai receber a foto do local de um acidente, por exemplo, e poderemos saber com maior rapidez a gravidade do problema e a solução a ser encaminhada. A tomada de decisões será muito mais rápida”, diz Vortolin.

As conversas com a Panasonic tiveram início ainda no ano passado, durante o governo de Roberto Requião. O Polícia Rodoviária Estadual é a primeira força de segurança pública da América Latina a adquirir os aparelhos CF-U1.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE