A Polícia Federal (PF) prendeu ontem um policial rodoviário federal acusado de participar de um esquema de fraude do concurso da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), em 2008. A detenção é parte da Operação Tormenta, que investiga manipulação em concursos públicos. Segundo a PF, o agente guar­­dava as provas e deixou que outro membro da quadrilha tivesse acesso a elas. Ele também participou do concurso. O detido será indiciado, junto com mais sete integrantes da quadrilha, por peculato, violação de sigilo funcional qualificado, formação de quadrilha, corrupção ativa e estelionato qualificado (tentado e consumado). No total, 15 pessoas são acusadas de comprar o gabarito para a prova.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]