Procissão do Rocio bateu o recorde de romeiros neste ano em Paranaguá | Oswaldo Eustáquio / Gazeta do povo
Procissão do Rocio bateu o recorde de romeiros neste ano em Paranaguá| Foto: Oswaldo Eustáquio / Gazeta do povo
  • Romeiros seguem a procissão do Rocio, de Paranaguá

A ducentésima primeira edição da Festa em homenagem a Nossa Senhora do Rocio, padroeira do Paraná, encerra o ano jubilar de 200 anos do evento com chave de ouro. A Procissão Solene em homenagem à santa, realizada neste sábado (15) reuniu 200 mil pessoas, segundo a organização, o maior número de romeiros da história desta procissão, que é a segunda maior do Brasil, atrás apenas do Círio de Nazaré, em Belém do Pará. A expectativa é que só neste fim de semana mais de 300 mil pessoas passem pelo Santuário de Nossa Senhora do Rocio.

Tempo bom

Contrariando a previsão do tempo para este sábado, o sol brilhou forte desde o início da procissão. Com o manto jubilar e a berlinda processional, a imagem de Nossa Senhora do Rocio foi seguida pelos romeiros do Santuário até a Catedral Diocesana de Paranaguá. No trajeto, os moradores da Rua professor Cleto saudaram a procissão com faixas de agradecimento. Os romeiros seguiram a procissão entoando cânticos e cantando louvores a mãe do Rocio. O bispo Dom João Alves, da Diocese de Paranaguá disse que a devoção a Nossa Senhora do Rocio tem crescido a cada ano e as graças concedidas pela santa tem alcançado cada vez mais os devotos. Este é o caso de Ana Paula Pereira, que já havia desistido de ser mãe devido a problemas de fertilidade. Pediu à santa que em anos anteriores para que seu ventre fosse aberto. Conseguiu ter um filho, e este ano participou das nove novenas de joelhos, com o bebê no colo. O padre Sérgio Campos, reitor do Santuário, disse que é emocionante ver os romeiros agradecendo as graças da santa. "Este ano foi muito especial. Tenho ouvido muitas histórias de graças e milagres alcançados pelos fieis. Estamos muito felizes e com o sentimento de missão cumprida por receber bem os milhares de fieis", disse Campos. Turismo Religioso

O turismo religioso é um dos segmentos que mais cresce no Brasil. Para se ter uma ideia, a procissão do Rocio trouxe a Paranaguá 550 mil visitantes nas duas semanas de festividade, público quatro vezes maior do que a toda a população da cidade, que tem 140 mil habitantes. Neste período de festividades, o entorno do Santuário vira uma verdadeira cidade. São mais de 300 barracas de comerciantes do Brasil inteiro, que aproveitam o movimento da festa para vender seus produtos. Festa entra no calendário oficial do estadoO governador em exercício Flávio Arns, sancionou esta semana a lei que incluí o dia de Nossa Senhora do Rocio , padroeira do Paraná, celebrado em 15 de novembro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]