i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Acidente

Queda de ônibus de viaduto: 21 seguem internados no Rio

São casos de fratura e traumatismo, de acordo com a prefeitura. Seis pessoas morreram, entre elas o motorista do ônibus que, segundo testemunhas, estava em alta velocidade

  • PorAgência Estado
  • 08/08/2013 09:20
 | Antônio Luis / Futura Press / Folhapress
| Foto: Antônio Luis / Futura Press / Folhapress

Vinte e uma pessoas que ficaram feridas na queda de um micro-ônibus de um viaduto em Itaguaí, na Baixada Fluminense, nesta quarta-feira (7) continuam internadas. São casos de fratura e traumatismo, de acordo com a prefeitura. Seis pessoas morreram, entre elas o motorista do ônibus, Carlos Alberto Oliveira da Silva, que, segundo testemunhas, estava em alta velocidade.

Os enterros estão marcados para a tarde desta quinta-feira (8). Silva será velado em Itaguaí, mas enterrado em São Paulo. Os parentes das vítimas estão revoltados. "Minha filha só pegou este ônibus porque a Kombi não aceita o Riocard. Não sei como vou fazer sem minha filha nem o que meu neto de 3 anos vai fazer sem a mãe", disse a autônoma Andreia Delgado, de 41 anos. Andrelucy Serra, de 22 anos, voltava para casa, depois de deixar um currículo em uma empresa onde tentava um emprego, para dar uma vida melhor ao pequeno João Pedro. Amigos afirmaram que ela era muito religiosa e frequentava a Igreja do Evangelho Quadrangular assiduamente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.