Uma professora do ensino fundamental da rede municipal de Manaus foi afastada, na terça-feira (17), pela Secretaria Municipal de Educação. A prefeitura recebeu uma denúncia informando que ela colou fita adesiva na boca de dois alunos, como castigo. De acordo com a secretaria, um processo administrativo foi aberto para investigar o caso.

Ainda segundo a secretaria, a professora pode sofrer de estresse e depressão e isso deve ter influenciado na sua atitude dentro da sala de aula. A assessoria informa que os transtornos comportamentais, como estresse, aparecem como a segunda causa de afastamento de professores da rede municipal. A primeira são doenças dos ossos e músculos.

A Secretaria Municipal de Educação diz que a professora está passando por avaliação psicológica. A assistência psicológica e social também está sendo dada às crianças e suas famílias.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]