i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Superlotação

Secretaria da Justiça afirma que ampliará capacidade de cadeia

  • 30/04/2012 21:09

A Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) do Paraná informou ontem que a cadeia pública Laudemir Neves, em Foz do Iguaçu, está sendo reformada com R$ 2,9 milhões repassados pelo governo estadual. A obra será entregue em 18 de maio, com a ampliação de sua capacidade. Segundo a Seju, a cadeia encontra-se parcialmente interditada. Estão presos nessa unidade 382 apenados, sendo 290 homens e 92 mulheres. Após as reformas, o local passará a ter capacidade para 420 presos provisórios masculinos e 256 presas mulheres. Ainda segundo a secretaria, no ano passado não houve o repasse de R$ 32 milhões do governo federal para o governo do Paraná investir nas obras de ampliação e construção de novas unidades prisionais (conforme publicado em matéria de segunda-feira da Gazeta do Povo). O que houve foi o repasse de R$ 14,7 milhões, para a construção da Cadeia Pública de Jovens e Adultos em Piraquara. O projeto foi elaborado e encaminhado ao governo federal pela Seju e aguarda aprovação para que seja iniciado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.