| /
| Foto: /

Uma situação inusitada tem chamado a atenção de quem passa pela Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, em Curitiba. O semáforo posicionado no cruzamento com a Rua Barão de Antonina está de cabeça para baixo. Ou seja, fica vermelho onde deveria ficar o verde e vice-versa . Esse tipo de situação pode, por exemplo, confundir uma pessoa daltônica e colocar o trânsito em risco.

A prefeitura informou que ainda não havia recebido notificações via 156 sobre o assunto e que agora está colocando na programação o reposicionamento do equipamento nos próximos dias.

Coincidência ou não, Curitiba está sem contrato com uma empresa para manutenção dos semáforos da cidade. A prefeitura abriu neste ano procedimento licitatório para contratar uma empresa para fazer o serviço. Desde 2014, o município vinha realizando contratações emergenciais para o setor.

Em setembro, a secretária de Trânsito havia anunciado que a empresa seria contratada ainda no mês de outubro. Isso não ocorreu porque uma das empresas que teve a proposta superada entrou com recurso alegando que a de menor valor conseguiu essa proposta por ter utilizado o piso salarial de São Paulo, que é menor do que o de Curitiba. O recurso está em análise na Procuradoria Geral do Município.

Segundo a Setran, um contrato emergencial está sendo finalizado na Procuradoria Geral do Município e deve ser assinado nos próximos dias, com previsão de duração de até 180 dias e cláusula de rescisão quando a licitação em processo for definida. “Até que a contratação emergencial seja finalizada, a Setran trabalha com equipes próprias”. Durante as fortes chuvas que atingiram a cidade em outubro, dezenas de semáforos apresentaram problemas durante semanas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]