i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Protesto

SP: PM retira manifestantes à força e libera estrada no interior

PM, com cerca de 50 homens, usou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. O comando da operação afirmou que as tentativas de negociação haviam se esgotado com os manifestantes

  • PorFolhapress
  • 28/06/2013 13:07

A Força Tática da Polícia Militar retirou à força no início da tarde de hoje manifestantes de Cosmópolis (135 km a noroeste de SP) que bloqueavam havia quatro horas a rodovia Professor Zeferino Vaz, que liga Campinas a Mogi Guaçu. O tráfego foi liberado em seguida.

A PM, com cerca de 50 homens, usou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. O comando da operação afirmou que as tentativas de negociação haviam se esgotado com os manifestantes.

O protesto, que reuniu cerca de 120 pessoas, era contra o preço do pedágio (R$ 6,20) no km 135 da rodovia, que fica entre Paulínia e Cosmópolis.

O grupo alega que 80% dos moradores de Cosmópolis estudam ou trabalham em Paulínia ou na região metropolitana de Campinas e precisam pagar o pedágio diariamente.

Por volta das 14h40, funcionários da Rota dos Bandeirantes, concessionária que administra a rodovia, faziam a limpeza da pista, e o trânsito começava a ser liberado nos dois sentidos.

Houve depredação de parte dos equipamentos da praça de pedágio por um pequeno grupo. A tarifa não está sendo cobrada.

Detenções

Cinco manifestantes foram detidos pela PM e encaminhados ao Distrito Policial de Cosmópolis, sob suspeita de dano ao patrimônio. Os cinco disseram à reportagem que não depredaram o local.

A manifestação, que no momento da ação da polícia estava pacífica, começou às 5h, quando o grupo se reuniu no acesso à rodovia, em Cosmópolis. O grupo caminhou cerca de 5 km até a praça de pedágio, onde chegou por volta das 7h.

Foram depredados pelo menos seis radares, cinco painéis eletrônicos, o vidro de uma das sete cabines e uma cadeira. Segundo a concessionária, placas foram quebradas e cones foram queimados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.