i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Curitiba

TCE-PR aprova investimento internacional

Verba da Agência Francesa de Desenvolvimento chega a 72,3 milhões de euros para ações de transporte público, habitação e meio ambiente

  • PorKelli Kadanus
  • 25/08/2014 21:06

O Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) aprovou os investimentos do Programa de Recuperação Ambiental e Ampliação da Capacidade de Transporte Integrado do Município de Curitiba. O relatório se refere às atividades realizadas em 2013 no programa, que é executado pela prefeitura de Curitiba com financiamento internacional da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

O total de investimentos chega a 72,3 milhões de euros para a realização de ações nas áreas de transporte público, habitação e meio ambiente.

O projeto abrange a implantação da segunda fase da Linha Verde Norte, com a urbanização e sistemas de ônibus na BR-476; e a criação do Parque Linear da Bacia do Barigui, com retirada de moradores das áreas de risco, recomposição de mata nativa e construção de estruturas para esporte e lazer.

A auditoria do TCE-PR foi feita a pedido da AFD. A fiscalização analisou a execução do programa sob quatro aspectos: cumprimento das cláusulas contratuais, demonstrações financeiras, atuação do sistema de controle interno e cumprimento das recomendações feitas pelo Tribunal no Relatório de Auditoria anterior. A conclusão dos técnicos foi de que a execução do programa atendeu os critérios.

No tópico relativo às recomendações, a prefeitura adotou medidas corretivas para duas fragilidades apontadas no relatório anterior: a primeira se refere à revisão do processo de pagamentos, para que eles refletissem de maneira fiel os serviços executados. A segunda f oi a implantação de mecanismo de monitoramento das obras entregues.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.