i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Clima

Tempo seco continua em todo o Paraná

Os menores índices de umidade relativa do ar no estado chegaram a 16% ontem. Fim de semana terá calor

  • PorFabiane Ziolla Menezes
  • 27/08/2010 21:09
Inversão térmica encobriu a torre panorâmica das Mercês, ontem, em Curitiba | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Inversão térmica encobriu a torre panorâmica das Mercês, ontem, em Curitiba| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

Saúde

Confira os cuidados em caso de umidade relativa do ar muito baixa:

Entre 60 e 100% – nível adequado.

Abaixo de 60% – inade­­quado para a saúde human a.

Entre 20% e 30% – estado de atenção

- Evitar exercícios físicos ao ar livre das 11 às 15 horas.

- Umidificar o ambiente com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

- Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol.

- Consumir água.

Entre 12% e 20% – estado de alerta

- Mesmas recomendações anteriores.

- Não fazer exercícios físicos ou tra­­balhos ao ar livre das 10 às 16h.

- Evitar aglomerações em ambientes fechados.

- Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Abaixo de 12% – estado de emergência

- Mesmas recomendaçõesanteriores.

- Interrupção de qualquer atividade ao ar livre, das 10 às 16 horas, como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência.

- Suspensão de atividades que exijam aglomerações em locais fechados, como aulas, das 10 às 16h.

O calor vai continuar no fim de semana no Paraná. Segundo o Instituto Meteorológico Si­­mepar, há algumas frentes frias próximas, mas elas devem se deslocar rapidamente para o Oeste do estado, criando, no máximo, mais nuvens no céu – condição que já se­­ria suficiente para uma ou outra pancada de chuva e um alívio na umidade relativa do ar, de acordo com a meteorologista Beatriz Por­­to. "A temperatura, no entanto, de­­ve continuar alta". Ontem, a temperatura em praticamente todo o estado chegou perto dos 30ºC e registrou índices de umidade relativa do ar abaixo dos 30%, que é considerado estado de atenção pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Parana­vaí e Maringá foram as cidades que marcaram o menor índice: 16%.Dias mais secos só foram registrados, segundo o Simepar, em 2000, no dia 21 de agosto. Naquele dia, a umidade relativa do ar na capital paranaense chegou a 10%, mas, ao contrário do que ocorre agora, por conta de uma massa de ar fria, não quente.

Ontem, o fenômeno conhecido como inversão térmica pôde ser visto em Curitiba. O calor intenso impediu a dispersão dos poluentes. Na segunda-feira, o Instituto Ambi­en­tal do Paraná (IAP) promete divulgar dados atualizados sobre a qualidade do ar na capital.

Incêndios

É no Norte do estado, que tem apresentado índices abaixo dos 20%, que os incêndios ambientais têm se concentrado. De janeiro até agora, o Instituto Nacional de Pesqui­sas Espaciais (Inpe) contabilizou 4.542 focos de incêndio no estado Paraná, 27% a mais que no mesmo período de 2009 e 23% mais que em 2007, ano recorde de incêndios em todo o país – a maior parte em municípios do Norte.

Até as 17 horas de ontem, o Cor­­po de Bombeiros registrou 6.336 ocorrências (atendimento a chamados da população) em 2010, em todo o estado – com concentrações nas regiões de Maringá (2.440) e Londrina (1.279).

Na tarde de ontem, um incêndio de pequenas proporções atingiu o Parque Estadual de Vila Ve­­lha. Era perto das 13 horas quando as chamas puderam ser vistas da BR-376, que liga Curi­tiba ao interior do estado. A brigada de incêndio do parque e o Corpo de Bombeiros controlaram o incêndio em torno de uma hora e meia.

Ele atingiu cerca de cinco hectares da unidade, que tem 3,1 mil hectares. Como a unidade é cortada pela rodovia, os bom­beiros acreditam que o fogo tenha começado com uma bituca de cigarro lançada por algum motorista. Graças ao sentido do vento, a fumaça não atrapalhou a visibilidade dos motoristas.

Colaborou Maria Gizele da Silva.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.