Confira quais são os pontos próprios para banho |
Confira quais são os pontos próprios para banho| Foto:

Matinhos - O número de pontos impróprios para banho subiu de 29 para 33, dos 43 analisados pelo Instituto Ambiental Paraná (IAP) nas praias do Paraná. A informação está no sétimo Boletim de Bal­neabilidade, divulgado ontem. São 10 pontos indicados para banho pelo órgão ambiental, sendo cinco em Guaratuba, quatro em Matinhos e um na Ilha do Mel.

Os quatro novos pontos impróprios para banho ficam no município de Matinhos: um no Balneário de Ipacaray (nas proximidades da Rua Ponta Grossa), dois na Praia Brava de Caiobá (nos arredores da Rua Londrina e da Rua Jacarezinho) e um na Praia Central de Matinhos (próximo ao Mercado de Pescados).

Já os pontos recomendados para banho pelo IAP em Matinhos ficam na Praia Mansa de Caiobá (em frente a Rua Céu Azul), no Balneário Flórida (60 metros à direita da Rua Saudade) e dois no Balneário Riviera (na direção da Rua Paranavaí e da Rua Tamborá).

Em Guaratuba, os pontos próprios estão localizados na Praia de Caieiras (em frente a Rua Frederico Nascimento), o ponto monitorado 100 metros à esquerda do Morro do Cristo, no Balneário de Nereidas (em frente a rua Costa Rica), no Balneário Barra do Saí (próximo à Rua Guairacá) e na Prainha (300 metros à direita do Rio Prainha). O décimo ponto analisado que está bom para banho fica na Ilha do Mel, na Praia do Farol, em frente à trilha do Trapiche.

Segundo o secretário de Estado do Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, a chuva é o principal motivo da piora da qualidade da água do mar nas praias. Somente esta semana choveu 226 milímetros, sendo que a média do mês de janeiro é de 300 milímetros. A água da chuva leva mais sujeira para o mar, como fezes de animais, lixo das ruas e dejetos de fossas sépticas que transbordam. Mesmo assim, ressalta Rasca, o número de bactérias na água é menor que no ano passado, que teve menor índice de chuvas. "Mas as previsões climáticas daqui para frente são muito boas. Deve vir um período de estiagem que vai melhorar a qualidade da água do mar", diz.

O IAP orienta para que o banhista não entre no mar a uma distância de 100 metros de cada lado do ponto que foi considerado impróprio. O restante das referidas praias está liberado para banho. Também não é aconselhável entrar no mar 48 horas depois de ter chovido.

Rios

Assim como no boletim anterior, quatro dos cinco pontos analisados em rios no Litoral do Paraná foram considerados próprios para banho. O único ponto impróprio é a Ponta da Pita, na Baia de Antonina. Apesar de não ser um rio, a Ponta da Pita é enquadrada nessa categoria pelo IAP.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]