i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Moda & beleza

O discurso ecológico vai à praia

Versáteis, bonitas e ecologicamente corretas, as ecobags ajudam a compor um visual descolado

  • PorDaliane Nogueira
  • 01/01/2009 21:05
Juliane Valentim aderiu à moda ecologicamente correta e usa sua ecobag para ir à praia | Hedeson Alves/Gazeta do Povo
Juliane Valentim aderiu à moda ecologicamente correta e usa sua ecobag para ir à praia| Foto: Hedeson Alves/Gazeta do Povo

Por que usar

O meio ambiente agradece

Além de compor um visual bonito, o uso das ecobags como substituição às sacolas plásticas é importante para proteger o meio ambiente. Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente, os impactos das sacolas plásticas são sentidos por cerca de 400 anos.

No Brasil, são consumidas mais de 12 bilhões delas por ano. Em média, cada brasileiro usa 66 unidades por mês. "Ao adotar uma sacola retornável nas compras cotidianas, os consumidores ajudam a prevenir todos esses impactos negativos no meio ambiente e na sociedade", diz a engenheira ambiental Maria Cristina Santos.

Seguindo o conceito do ecologicamente correto, as ecobags surgiram como alternativa para substituir as sacolas plásticas utilizadas nos supermercados e feiras. Normalmente são produzidas em tecido de fibras naturais, como algodão e bambu, e não levam tinta, que podem ser poluentes.

Algumas marcas criaram modelos diferentes, que caíram no gosto das mulheres e se tornaram um acessório importante para compor um visual descontraído. O conceito chegou ao Litoral e, nas areias, as mulheres adaptaram suas ecobags para serem usadas como sacolas de praia.

A assistente financeira de Ponta Grossa, Juliane Valentim, 28 anos tem três ecobags e escolheu uma para levar à areia. "Achei uma alternativa prática, bonita e sem frescura, como deve ser uma bolsa de praia", diz. Ela destaca ainda a facilidade para cuidar da bolsa. "Se sujar ou molhar, basta colocar na máquina, lavar como uma roupa", afirma. Juliane lamenta que o incentivo ao uso das ecobags não seja frequente. "Acho que todo mundo deveria ter uma, mas muitas pessoas não sabem para que elas servem", comenta.

A engenheira ambiental curitibana Maria Cristina Santos, 27 anos, diz que já aderiu à prática há mais de um ano. "Já usei ecobag na praia no ano passado. Acho a idéia muito original e ecológica." Ela destaca a possibilidade de criar consciência ambiental com o uso das bolsas. "Quanto mais pessoas usarem, melhor."

* * * * * *

(Foto 1) - A Morena Rosa lançou, na linha Morena Beach, dois modelos de sacolas de praia feitas de nylon reciclado. R$ 182 na Rouparia, em Matinhos. Rua Francisco Brener, 186, centro de Matinhos.

(Foto 2) - A Hering lançou especialmente para o verão a ecobag feita em algodão cru e com tinta biodegradável. R$ 49,90 na rede de lojas da marca. Mais informações no www.hering.com.br. Lojas no Litoral: Caiobá, na Rua Rio Branco, 273, loja 11. Guaratuba, na Avenida 29 de abril, 601. Matinhos, na Avenida Roque Vernalha, 127, loja 02. (Foto 3) - A ecobag da linha Crer para Ver, da Natura, é feita em tecido panamá e a tinta utilizada não degrada o meio ambiente. R$ 15. Mais informações no www.natura.com.br.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.