i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Balneabilidade

Três pontos estão impróprios para banho no Litoral

Primeiro boletim de balneabilidade de 2015 divulgado pelo Instituto Ambiental do Paraná identificou pontos de poluição em Antonina e em Morretes

  • PorCarolina Pompeo, especial para a Gazeta do Povo
  • 08/01/2015 09:40

O primeiro boletim de balneabilidade de 2015, divulgado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) nessa quinta-feira (8), apontou dois novos pontos em condições inadequadas para banho. Dos 47 pontos analisados pelo IAP, foram considerados impróprios os seguintes locais: a Ponta da Pita e o Rio Nunes, em Antonina, e o Rio Nhundiaquara (Largo Lamenha Lins), em Morretes.

Esse é o sexto boletim de balneabilidade da temporada publicado pelo IAP. Até então, apenas a Ponta da Pita havia apresentado níveis de poluição acima do considerado aceitável para o banho. Ao todo, 90 quilômetros de faixa de areia são monitorados, além dos pontos na Ilha do Mel.

De acordo com o coordenador da Operação Verão do IAP, Doraci Ramos, a alteração na condição da água está relacionada ao aumento da população que passou pelo Litoral paranaense durante o Réveillon. "A alteração já era esperada, pois é típica para essa época do ano devido ao número crescente de pessoas nas praias", disse.

BALNEABILIDADE: confira a lista completa da qualidade da água nos balneários do Litoral do Paraná.

QualidadeO monitoramento da qualidade da água no Paraná avalia a concentração de bactérias Escherichia coli (E.coli) na água, que permite a verificação da contaminação por esgoto sanitário clandestino. A recomendação é que os veranistas acompanhem as condições das águas através dos boletins ou das bandeiras instaladas ao longo da orla. A bandeira vermelha indica que a água está imprópria para banho nos 100 metros à esquerda e à direita da sinalização. A azul indica que a água possui bons índices e pode ser aproveitada por banhistas.

Outra recomendação do IAP é que quem aluga imóveis para passar a temporada verifique se o imóvel está devidamente ligado à rede de esgoto do município ou se a fossa séptica está corretamente limpa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.