i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Sorotipo 4

Vírus venezuelano da dengue em Roraima

  • PorAgência Estado
  • 14/09/2010 21:41

Duas amostras positivas encontradas em Roraima pertencem ao genótipo 2 do vírus da dengue 4, variante que circula na Venezuela, Colômbia e América Central. Trata-se do mesmo sorotipo detectado no estado em 1982 – ou seja, não houve mutação ao longo dos anos. O sequenciamento genético foi feito por pesquisadores do Laboratório Central do Estado de Roraima, da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O grupo chegou à conclusão de que o vírus entrou pela Venezuela quando comparou o resultado do sequenciamento com os dados da dengue 4 cadastrados no banco mundial de genomas. "Tudo indica que a porta de entrada para a doença foi a Venezuela, onde há presença do agente infeccioso em algumas regiões", disse o biomédico do Lacen Rodrigo Melo Maito.

A Venezuela faz fronteira com Roraima pela cidade de Pacaraima, a 250 quilômetros de Boa Vista. Ali, não há nenhuma restrição ao trânsito de pessoas. A partir de amanhã, uma equipe da Secretaria de Saúde de Roraima seguirá até a localidade para colher amostras de sangue de moradores que apresentaram sintomas da dengue nos últimos 30 dias.

O objetivo da ação, segundo a coordenadora de Vigilância em Saúde Roberta Calandrini, é identificar se o sorotipo 4 circula na fronteira para verificar a dispersão do vírus, já encontrado em Boa Vista e no município de Cantá. Esse sorotipo preocupa porque a maioria da população brasileira não tem imunidade contra ele, o que aumenta o risco de uma epidemia. Os sintomas são os mesmos da dengue clássica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.