Imagem de câmera da concessionária mostra movimento intenso na volta das praias | Ecovia
Imagem de câmera da concessionária mostra movimento intenso na volta das praias| Foto: Ecovia

Quem aproveitou o feriado prolongado de Finados para viajar, encontrou tráfego intenso na volta para casa, nesta terça-feira (2). Apesar disso, as concessionárias que administram as rodovias paranaenses e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontam que não houve grandes transtornos nas estradas. Foram registrados congestionamentos no fim da tarde apenas para quem voltava de São Paulo para Curitiba, pela rodovia Régis Bittencourt, a BR-116.

O fluxo de veículos nas estradas que cruzam o Paraná começou a se intensificar a partir das 15 horas. As previsões da concessionária Ecovia eram de que 18 mil veículos subissem a serra pela BR-277, do Litoral para Curitiba. Até as 21 horas, 16,4 mil carros já haviam deixado as praias em direção à capital, quando o movimento começou a diminuir. Ao longo de toda a tarde, o fluxo se manteve em torno dos dois mil veículos por hora. Na pista sentido Litoral, o movimento foi baixo ao longo de todo o dia.

Segundoa a PRF, na rodovia BR-376, que liga Curitiba a Santa Catarina, o movimento começou a aumentar por volta das 15 horas, quando foram registrados mais de 2,6 mil veículos por hora. O tráfego se manteve próximo a este patamar até as 21 horas, quando o fluxo caiu para 1,8 mil carros por hora.

Quem voltava do interior também encontrou situação parecida. No meio da tarde, o movimento se intensificou e se manteve superior a mil veículos por hora, na pista sentido Curitiba. Segundo a concessionária Rodonorte, que administra o trecho, o pico foi registrado por volta das 19 horas, com mais de 1,8 mil carros por hora, rumo à capital. A partir deste horário, o fluxo começou a se reduzir gradativamente. No sentido interior, o tráfego não ultrapassou mil veículos por hora.

Na BR-116, o movimento foi intenso ao longo de toda a tarde e início da noite, segundo a concessionária Autopista Régis Bittencourt. Por volta das 20h15, havia três quilômetros de lentidão na pista no sentido Curitiba da BR-116, entre os quilômetros 58 e 61, região de Campina Grande do Sul, região metropolitana.Sem transtornos

Apesar do movimento intenso, principalmente nas pistas no sentido à capital, não houve grandes transtornos na volta do feriado, segundo a PRF. Com o tempo bom e com plenas condições de visibilidade, o número de acidentes diminuiu nesta terça. O balanço deve ser divulgado pelas autoridades apenas na quarta-feira (3).

"De um modo geral, quem volta para casa encontra tranquilidade nas estradas, apesar do fluxo elevado de veículos", disse o agente da PRF, Ricardo Pasqualini, do posto Alto da Serra.

Um dos poucos acidentes registrados na região da capital ocorreu por volta das 16h45, no quilômetro 671 da BR-376. De acordo com a PRF, na pista sentido Curitiba, cinco veículos se envolveram no acidente, mas não houve vítimas. "Foi um típico caso ocorrido porque os condutores não respeitam a distância de segurança. Quando o veículo que está a frente freia, não há tempo hábil para quem vem atrás parar", disse o agente da PRF, Ricardo Pasqualini.

Já nas rodovias estaduais, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) apontou que duas pessoas morreram em acidentes neste feriado. Outras 14 pessoas ficaram feridas. No total, houve 21 acidentes nas rodovias estaduais, até as 22 horas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]