Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. Beto Richa assume neste sábado o governo do Paraná

Cerimônia de posse

Beto Richa assume neste sábado o governo do Paraná

Novo governador participará de cerimônia marcada para começar às 10h na Assembleia Legislativa. Compromissos em Curitiba terminam às 14h30, quando ele viaja para a posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, em Brasília

  • Gazeta do Povo
Confira a programação da cerimônia de posse |
Confira a programação da cerimônia de posse
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Beto Richa assume neste sábado o governo do Paraná

O governador eleito Beto Richa (PSDB) assume neste sábado (1º) o governo do Paraná. A posse vai ocorrer em uma sessão especial na Assembleia Legislativa, em Curitiba, programada para as 10 horas. Terminada a cerimônia, o novo governador do estado segue de helicóptero para o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana, onde, às 14h30, embarca para Brasília para acompanhar a posse da presidente eleita, Dilma Rousseff.

Primeira parteO início da cerimônia na Assembleia terá Richa e o vice-governador, Flávio Arns, prestando o compromisso constitucional — “Prometo cumprir e fazer cumprir a Constituição da República e a do Estado, observar as leis e promover o bem-estar geral do povo paranaense”. Logo após, eles vão assinar os termos de posse no mandato de quatro anos. O primeiro discurso oficial de Richa como governador ocorre na sequência, para o plenário da Assembleia.

A assessoria de imprensa do governador eleito informou que Richa deve falar das diretrizes de seu programa de governo, que devem priorizar as áreas de educação, saúde, segurança pública, proteção social, agricultura e infraestrutura.

O governador vai conclamar ex-adversários a superarem diferenças eleitorais e a ajudarem na construção do novo governo. “Vamos fazer um governo pluralista, que respeita as diferenças de opinião. Um governo que conta com a vigilância crítica da imprensa livre”, diz Richa na nota oficial.

A coordenadora do cerimonial da Assembleia, Gisele Gulin, estima que mais de 1,4 mil pessoas compareçam na primeira parte da cerimônia. “Montamos uma estrutura para receber 300 pessoas que acompanharão a posse num telão na galeria ao lado do plenário”, disse. Também foram colocadas 385 cadeiras para receber os convidados que incluem deputados estaduais e federais, prefeitos, desembargadores, representantes consulares e familiares do governador eleito e do vice-governador, além dos novos secretários estaduais.Segunda parte

O governador descerá a rampa e vai passar em revista a tropa da Polícia Militar – três pelotões, a banda e a Guarda da Bandeira do Estado – que estará perfilada ao longo da Praça Nossa Senhora de Salete. O ato marca o início da segunda fase da cerimônia de posse. No recém-reformado Palácio Iguaçu, Richa, ao lado da família, sobe pela primeira vez como governador ao gabinete que já foi ocupado por seu pai. No Palácio, a família Richa e a família do governador Orlando Pessuti (PMDB) devem realizar uma reunião por cerca de 15 minutos. A confraternização entre os governadores servirá para que o cerimonial consiga acomodar as autoridades em cadeiras plásticas dispostas na tenda armada em frente ao palco montado em uma das pontas da marquise do Palácio.

Neste palco, Richa e Pessuti devem dar início à transmissão de cargo do governador, por volta das 11h30. De acordo com o planejado pelo cerimonial do governo, o atual secretário da Casa Civil, Ney Caldas, lerá o termo de investidura no cargo de Richa e de Arns. Em seguida, Pessuti fará um discurso de transferência de cargo, se despedirá da função e deixará o Palácio.

Perto do meio-dia, o governador Beto Richa tomará suas primeiras ações oficiais no mandato: empossará os novos secretários de Estado, começando pelo chefe da Casa Civil, Durval Amaral, e por Flávio Arns, que será secretário da Educação. No palco de autoridades, o arcebispo de Curitiba, dom Moacir Vitti, dará então a bênção ao novo governador. Ainda não foi confirmado se um pastor evangélico também estará presente na solenidade.

Discurso

Às 13 horas, está previsto o início do primeiro discurso do governador Beto Richa ao povo do Paraná na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico. A expectativa da assessoria de imprensa do governador é de que pelo menos 5 mil pessoas prestigiem as duas partes da solenidade.

Com o fim do pronunciamento, o governador deve descer do palco e receber os cumprimentos da população. Depois, Richa deve conceder uma entrevista coletiva de imprensa.

Encerramento

Terminada a cerimônia, Richa irá caminhando para inaugurar o novo heliponto que fica nos fundos do Palácio Iguaçu. Um helicóptero da Casa Militar estará à espera do governador para levá-lo até o aeroporto Afonso Pena. Richa embarca para Brasilia, às 14h30.

Entrevista

O governador eleito do Paraná concedeu entrevista ao telejornal ParanáTV, da RPC TV, nesta sexta-feira (31). Richa declarou que o primeiro ato como governador será “colocar a casa em ordem”. Ele disse que ajustar as contas do estado será fundamental para melhorar as finanças e a capacidade de investimento do Paraná.

Richa garantiu redução de pelo menos 15% no gasto de custeio, mas prometeu investimentos principalmente na educação, saúde e segurança. O novo governador também comentou a escolha do irmão José Richa Filho como secretário de Infraestrutura e Logística e disse que ele já demonstrou competência para ocupar o cargo.

O ex-prefeito de Curitiba ainda garantiu que não vai promover melhorias no Litoral do estado apenas no período de férias. Richa lembrou que nos municípios da região conquistou muitos votos e destacou que a população que vive no Litoral não pode ser esquecida.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE