Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Jorge Dan Lopez/Reuters
| Foto: Jorge Dan Lopez/Reuters

Levantamento feito pelo Congresso em Foco sobre as ausências dos senadores brasileiros às sessões deliberativas durante o primeiro semestre deste ano mostra que os três representantes do Paraná não estão entre os 10 mais faltosos do país, revela o blog Conexão Brasília, do jornalista André Gonçalves, correspondente da Gazeta do Povo em Brasília. Por outro lado, nenhum está na lista dos cinco que não tiveram nenhuma ausência, grupo formado por Delcídio Amaral (PT-MS), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Reguffe (PDT-DF), Romário (PSB-RJ) e Waldemir Moka (PMDB-MS). Pela pesquisa, Roberto Requião (PMDB-PR, foto) foi o 13º mais faltoso e puxou a fila do trio de senadores do estado. Das 50 sessões realizadas no período, o ex-governador do Paraná compareceu a 40. Teve seis ausências justificadas e quatro injustificadas.

E os outros dois?

O Datena é um homem inteligente. E como ele é um homem inteligente, pergunto: será que ele vai trocar R$ 500 mil por R$ 25 mil?

Paulo Maluf, deputado federal e ex-presidente do PP em São Paulo, esnobando a filiação do apresentador de TV José Luiz Datena, nome do partido para disputar a eleição em São Paulo.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) foi a 22ª da Casa em número de faltas no primeiro semestre, empatada com outros nove colegas – dentre eles, Aécio Neves (PSDB-MG). Compareceu a 43 sessões. Teve quatro faltas justificadas e três injustificadas. Alvaro Dias (PSDB) apareceu em 32º, com mais cinco colegas. Teve 44 presenças e seis faltas injustificadas.

O clone

Entre as imagens do protesto contra o governador Beto Richa (PSDB), nesta quarta-feira (29), uma em especial chamou a atenção: um dos manifestantes (foto) se “vestiu” de Marcelo “Tchello” Caramori, o fotógrafo e ex-assessor da Casa Civil que tatuou um código de barras com a frase “100% Beto Richa” no braço.

Quem é ele

Depois de ser preso, Tchello responde em liberdade à acusação de abuso de menores em Londrina. O protesto, um café da manhã organizado pela APP Sindicato, ligado aos professores, ocorreu no dia em que o governador completou 50 anos, em frente do prédio em que o tucano mora em Curitiba. Veja mais no caderno Vida e Cidadania.

Otimismo na base

O protesto, algo corriqueiro neste primeiro semestre da nova administração de Beto Richa no estado, porém, não tira o otimismo de um dos principais soldados de sua base de apoio: o peemedebista Alexandre Curi. “Ele será um dos poucos governadores que vai entrar em 2016 com dinheiro em caixa. Dá para recuperar”, disse ele à Folha de S. Paulo.

Subindo?

Aliados dizem que a aprovação de Richa voltou a subir e já estaria na casa dos 20%. Levantamento recente da Paraná Pesquisas, publicado no dia 30 de junho pela Gazeta do Povo, mostrou que 84,7% dos paranaenses reprovavam a administração do tucano, contra um índice de 13% dos que aprovavam sua gestão.

Lula e a Veja

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou na Justiça do Distrito Federal com uma ação por reparação de danos morais contra jornalistas da revista Veja. O petista questiona reportagem publicada nesta semana, afirmando que o ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro Filho, o Leo Pinheiro, está negociando delação premiada e que ofereceu informações sobre como Lula teria se beneficiado do esquema.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]