Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Albari Rosa/Gazeta do Povo
| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O deputado estadual Dr. Batista (PMN, foto acima) se envolveu na manhã da sexta-feira (14) em uma polêmica em Maringá. O parlamentar foi cercado por professores, sindicalistas e funcionários do Hospital Universitário de Maringá por ter supostamente estacionado o carro em uma vaga exclusiva para pessoas com deficiência. Dr. Batista participava de uma cerimônia de entrega de equipamentos para o hospital. Os manifestantes aproveitaram também para cobrar o deputado em relação ao voto favorável à mudança na Paranaprevidência, alteração que desencadeou nos protestos do dia 29 de abril, data em que ocorreu a Batalha do Centro Cívico. Dr. Batista é médico e representa a região de Maringá. Foi vereador da cidade entre 1993 e 2002 e está no segundo mandato como deputado. A Gazeta do Povo tentou entrar em contato com o parlamentar, mas ele não atendeu às ligações.

sobe

Renan Calheiros

O presidente do Senado virou uma espécie de salvador da pátria para o Palácio do Planalto, ao se opor ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e às “pautas-bomba”.

desce

Lula

O ex-presidente foi flagrado em uma conversa telefônica com o diretor da Odebrecht, Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, quatro dias antes da prisão do executivo na Lava Jato.

Lula no ataque

O ex-presidente Lula disse, durante a abertura do Ato Pela Educação, em Brasília, que o país não nasceu para ser atrasado no setor e criticou a elite. “Atrasada foi a elite que governava há até pouco tempo e não pensava em garantir escola de qualidade. Essa gente nunca quis que a gente estudasse”, atacou. Lula afirmou ainda os petistas nunca vão “ter vergonha de ser do PT”.

Abriu a mão

Chamado de “mão de vaca” nesta semana pelo deputado estadual Hussein Bakri (PSC), o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, decidiu abrir mão de uma parcela – pequena, é verdade – dos impostos cobrados pelo estado. Segundo decreto publicado em diário oficial na sexta-feira (14), ele isentou de ICMS o sanduíche Big Mac, vendido pelo McDonald’s, durante o “McDia Feliz”. O dinheiro arrecadado com a promoção, marcada para o próximo dia 29, será doado a entidades assistenciais.

Contratos milionários

Investigado na 18ª fase da Operação Lava Jato por suspeita de irregularidades em contratos com o Ministério do Planejamento, o grupo Consist Software recebeu R$ 63 milhões da administração direta do governo federal – sem incluir estatais − entre 2004 e 2015. O levantamento é da ONG Contas Abertas. Segundo o MPF, o esquema envolvendo a empresa, contratada sem licitação pela pasta, envolvia o pagamento de prestação de serviço inexistente.

Paranaeducação

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa se reúne nesta segunda-feira (17) para votar o parecer do deputado Márcio Pacheco (PPL) ao projeto do Executivo que altera regras do Paranaeducação. A proposta revoga o dispositivo que define que o superintendente do órgão deve ser o secretário da Educação. Segundo o governo, isso cria uma anomalia ao colocar o secretário, ao mesmo tempo, como contratante e contratado nos Contratos de Gestão.

Eu quero dizer ao presidente da CUT que nós não vamos nos entrincheirar. Nós vamos de cabeça erguida para as ruas de todo o Brasil e levando, como nossa única arma, a Constituição.

Aécio Neves (PSDB-MG), senador.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]