Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Vídeo que circula na internet mostra alguns bastidores do que ficou conhecida como a Batalha do Centro Cívico, na quarta-feira (29). Filmado de dentro do Palácio Iguaçu, o vídeo em determinado momento mostra bombas de efeito moral caindo de muito alto, aumentando a suspeita de que teriam sido lançadas por um helicóptero que sobrevoava a região, conforme relataram manifestantes. O áudio do vídeo também mostra a comemoração de algumas pessoas, provavelmente funcionários do Palácio, com o ataque dos policiais.

Bomba de milho

O governador do PSDB, no qual votei, fez no Paraná o que eu temia que o PT, no qual nunca votei, fosse fazer no Brasil.

Ney Leprevost (PSD), criticando o governador Beto Richa (PSDB) pelo confronto entre professores e policiais na quarta-feira (29).

Em uma página do Facebook chamada “Amigos do Beto”, criada em junho do ano passado, há diversas postagens em defesa do governador do estado Beto Richa (PSDB). Com os protestos de professores nos últimos dias, os compartilhamentos multiplicaram. A maior parte dos posts mostra fotos de supostos black blocs infiltrados no movimento de professores, além de materiais utilizados por eles durante a manifestação desta quarta-feira. Em uma das imagens, que mostra um carrinho de bebê coberto, há a descrição: “Um carrinho de bebê cheio de bombas caseiras em pleno Centro Cívico”. Diversas internautas, porém, comentaram o post com outra foto, que mostra o mesmo carrinho sem a coberta, e constata-se, então, que se tratava de um abrigo para pamonhas. Conforme os posts, o alimento era vendido no local, mas, diante da confusão, o dono da mercadoria resolveu protegê-la em local mais seguro – o carrinho – e cobrir para que não fossem atingidas pelas bombas.

Dilma em baixa no RS

O Instituto Paraná Pesquisas foi ao Rio Grande do Sul testar a popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT, foto) e, de quebra, fazer uma sondagem sobre a sucessão presidencial. E, como era de se esperar, a petista está sem moral com os gaúchos. Nada menos do que 79,4% dos entrevistados desaprovam a administração de Dilma – 17,2% aprovam. Já 78,2% consideram a atual pior do que as expectativas. Por fim, 53,3% das pessoas que votaram pela reeleição da presidente disseram agora que, se o segundo turno fosse hoje, escolheriam outra opção.

Aécio em alta no RS

A sondagem quis saber também em quem os gaúchos votariam para presidente da República se as eleições fossem hoje. O tucano Aécio Neves venceu com 43,8%. Na sequência apareceram Lula (19,5%), Marina Silva (14,7%), Ronaldo Caiado (3,4%) e Eduardo Cunha (2,8%).

Equilibrado

Os números mudam consideravelmente quando o candidato do PSDB é o governador de São Paulo Geraldo Alckmin. O tucano segue na frente, mas com uma margem menor – tem 29,9%. Lula tem 20,7%, Marina Silva 20,3%, Eduardo Cunha 5%, Ronaldo Caiado 4,3%. Foram ouvidos 1.340 eleitores de 80 municípios entre os dias 24 e 27 de abril. A margem de erro é de 2,5%.

Mobilização

Comandados pelo sindicato da categoria, os jornalistas do Paraná se reunirão no próximo domingo, 3 de maio, Dia da Liberdade de Imprensa, na Feira do Largo da Ordem, em Curitiba, a partir das 10 horas. A categoria está mobilizada contra perseguição de jornalistas. Segundo o Sindijor, “o objetivo é dar um basta na mordaça que jornalistas vêm sofrendo em várias regiões do estado e cobrar, principalmente do governo do Paraná, resposta à sociedade sobre a ameaça de morte sofrida pelo jornalista da RPC TV, James Alberti”. James foi ameaçado enquanto investigava casos de pedofilia e de fraudes na Receita Estadual, ambos em Londrina.

Colaboraram: Carlos Eduardo Vicelli e Fernando Martins.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]