Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Um grupo de 15 manifestantes lavou a estátua da Justiça que fica em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) num protesto contra as prisões do mensalão. O ato durou cerca de 10 minutos e foi interrompido com a chegada de seguranças da corte. Os manifestantes gritaram palavras de ordem dizendo que a Justiça deveria no Brasil precisava ser "desinfetada".

Ao interromper o protesto, seguranças e manifestantes travaram cabos de guerra com as vassouras. Houve xingamentos e ameaças de agressão, mas o ato foi encerrado sem troca de socos ou chutes.

Os manifestantes integram um acampamento montado ao lado do STF. Um ônibus estacionado na lateral da corte serve como base. O grupo é formado por integrantes de movimentos sociais e militantes do PT. Eles prometem manter o acampamento até que o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro da sigla Delúbio Soares sejam soltos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]