i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Posse

Dilma elogia trabalho de Crivella no Ministério da Pesca

Presidente também agradeceu Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) pelo trabalho desenvolvido à frente do Ministério das Cidades

  • PorAgência Estado
  • 17/03/2014 09:25

O presidente Dilma Rousseff disse, na manhã desta segunda-feira (17), que Marcelo Crivella (PRB-RJ), que deixa nesta segunda o Ministério da Pesca, "fez história" ao colocar mais recursos para o custeio e investimento no setor.

"Crivella lançou o primeiro plano safra da pesca. Ele colocou mais recursos para custeio, para investimentos, e instrumentos bem mais adequados de apoio ao produtor, o que valoriza o extraordinário potencial de produção pesqueira do Brasil", afirmou a presidente.

Dilma também agradeceu Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) pelo trabalho desenvolvido à frente do Ministério das Cidades. Ela disse que 1,6 milhão de moradias do Minha Casa Minha Vida foram entregues e que há 1,7 milhão de moradias contratadas até agora. "Estamos muito próximos de atingir nossa meta de contratar 2,750 milhões de moradias dentro do programa Minha Casa Minha Vida", comemorou a presidente.

Dilma também citou os investimentos em mobilidade urbana da pasta. De acordo com ela, sob a coordenação de Aguinaldo foi contratado o maior volume de investimentos em mobilidade urbana da história do Brasil, de R$ 143 bilhões. "Voltamos a investir em metrôs, nove capitais já receberam os recursos", disse Dilma. "Iniciamos o investimento em VLTs (Veículos Leves sobre Trilhos) e mais de 12 cidades já têm os projetos aprovados e os recursos oferecidos."

A presidente disse que os projetos vão permitir que "mudemos as conduções do transporte coletivo" no Brasil.

Troca de ministros

Em cerimônia nesta manhã, no Palácio do Planalto, Dilma deu posse a seis novos ministros, dando sequência à reforma ministerial iniciada no começo do ano. Assume o Ministério do Desenvolvimento Agrário o ex-presidente da Petrobras Biocombustível e ex-ministro Miguel Rossetto, no lugar do deputado Pepe Vargas (PT-RS).

Na Agricultura, o também deputado Antônio Andrade (PMDB-MG) será substituído por Neri Geller, peemedebista até então secretário de Política Agrícola da pasta. Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) dará espaço no Ministério das Cidades ao vice-presidente de Governo da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.

O Turismo, até hoje comandado por Gastão Vieira (PMDB-MA), terá como titular o gerente de assessoria internacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Vinicius Nobre Lages, nome indicado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Marco Antonio Raupp sai do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que será comandado agora pelo reitor da Universidade Federal de Minas Gerais, Clelio Campolina Diniz. A última mudança ocorre no Ministério da Pesca: o senador Eduardo Lopes entra no posto do também senador Marcelo Crivella, ambos do PRB do Rio de Janeiro.

Com exceção de Marco Antonio Raupp, os demais ministros de saída deixaram os cargos para disputar as eleições de 2014.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.