Edson do Parolin assume vaga na Câmara de Curitiba pela segunda vez. | Antônio More /Gazeta do Povo
Edson do Parolin assume vaga na Câmara de Curitiba pela segunda vez.| Foto: Antônio More /Gazeta do Povo

A posse do líder comunitário Edson do Parolin (PSDB) na Câmara Municipal de Curitiba acontece na segunda-feira (18), às 9 horas da manhã, no início da sessão plenária.

Ele assume a vaga deixada por Valdemir Soares (PRB), que renunciou ao cargo no dia 6 de abril, após ser acusado de fraudar a votação da emenda que propunha o abono de faltas a servidores da rede municipal de educação que paralisaram atividades por causa da greve, ligada ao projeto de lei que concedia reajuste aos servidores municipais.

A suspeita de fraude foi levantada devido a um vídeo gravado na Câmara Municipal na tarde de 31 de março, durante a votação. As imagens mostram o vereador supostamente registrando o voto na bancada de Julieta Reis (DEM), que fica ao lado de onde ficava Soares. Julieta não estava presente no plenário naquele momento, mas o voto dela foi registrado pelo painel.

Após a divulgação do vídeo, Valdemir Soares negou que tivesse votado por Julieta Reis e chegou a prometer que mostraria um vídeo para provar isso. No dia 5 de abril, a vereadora protocolou uma denúncia contra Soares por quebra de decoro, a qual poderia levá-lo a ser cassado. Na mesma tarde, Soares anunciou a sua renúncia.

A cerimônia de posse de Edson do Parolin contará com entrega de documentos, assinatura do termo de posse, juramento e pronunciamento do novo vereador, que atua, desde 2001, na Associação de Moradores e Amigos das Vilas Parolin e Guaíra.

Ele assume uma vaga na Câmara pela segunda vez: em junho de 2012, ele assumiu como suplente devido a renúncia de Paulo Frote.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]