i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Teste

Presidente do TSE acompanha eleição simulada no Rio Grande do Norte

Ministro Ricardo Lewandowski esteve no município de Nísia Floresta. Cidade é uma das 60 do país que terá o sistema biométrico

  • PorG1 / Globo.com
  • 29/08/2010 14:39

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, esteve neste sábado (28) na cidade de Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte, onde acompanhou a realização das eleições simuladas. Os demais tribunais regionais do país já haviam testado o sistema no último dia 21 de agosto.

Um dos objetivos das simulações é testar o sistema de biometria, que vai ser utilizado em 60 municípios nas eleições deste ano. Outros testes estão previstos para serem feitos pelos tribunais até a eleição, no dia 3 de outubro.

A cidade de Nísia Floresta, com cerca de 24 mil habitantes, é um dos municípios que vai utilizar o novo sistema de voto com leitor biométrico. A novidade permite o voto por meio de impressões digitais. Um dos principais objetivos impedir um eleitor vote pelo outro. Segundo o presidente do TSE, até 2017, quando o Brasil terá cerca de 150 milhões de eleitores, todos os votantes serão identificados pelo sistema biométrico.

A eleição simulada contou com candidatos fictícios, além desenhos e fotos de animais no local da imagem dos candidatos. Os números e nomes utilizados na simulação também foram fictícios.

"Foi perfeito, não houve falha nenhuma e estamos prontos para enfrentar, com êxito, as eleições de 3 de outubro", disse o ministro.

Propaganda

Enquanto acompanhou as simulações no Rio Grande do Norte, o presidente do TSE ainda falou sobre a propaganda eleitoral. Na análise de Lewandowski, a troca de farpas "é normal e faz parte do jogo político".

Sobre a Lei da Ficha Limpa, o presidente reafirmou que a lei "é um avanço em termos de moralização dos costumes políticos". O ministro ressaltou também que o TSE vai fazer um esforço concentrado para julgar todos ou pelo menos a grande maioria dos recursos que tratam de registro de candidatura antes das eleições.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.