Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Xênia Mello (PSol) e Afonso Rangel (PRP) debateram nesta terça-feira (13) as propostas para a prefeitura de Curitiba. Ambos ficam frente a frente e podem usar 45 minutos cada um de maneira livre, sem mediação ou perguntas externas.

Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Encerramos a cobertura em tempo real. Obrigada por nos acompanhar e até a próxima quinta-feira!
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Lembrando que tivemos uma alteração no calendário dos próximos debates. Por causa da agenda da Assembleia Legislativa do Paraná, houve uma alteração na data do debate entre os candidatos Maria Victoria (PP) e Requião Filho (PMDB), que não será mais nesta quarta-feira (14). Os dois estarão ao vivo no site da '''Gazeta do Povo''' na sexta-feira (16). Na quinta (15), é a vez de acompanhar o debate entre Ney Leprevost (PSD) e Tadeu Veneri (PT).
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
O debate acabou! Os candidatos já fazem as suas considerações finais.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Assassinatos de muheres

Xênia Mello afirma que Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, é o segundo município que mais mata mulheres no Brasil. Trata-se de um dado de 2010. Piraquara tinha, então, 24,4 mulheres assassinadas a cada 100 mil habitantes. Na edição mais atual do Mapa da Violência, que usa dados de 2013, Campina Grande do Sul, também na região metropolitana, aparece como o 27º mais violento do país para mulheres, com 14,2 mulheres assassinadas por 100 mil habitantes. Em 2013, Piraquara aparecia em 36º com 13,6. O Mapa da Violência é publicado pela Ong Flacso Brasil.

Ideologias

Debate, que vai chegando ao fim, foi marcado por discordâncias ideológicas. A discussão sobre a cidade esteve inserida nos embates clássicos entre direita e esquerda.

Black blocs

Sobre atos de violência nas manifestações "Fora, Temer", Xênia Mello escreveu em suas redes sociais que "antes de tentarmos domesticar, embranquecer, colonizar os atos precisamos acolher outras formas de agir e se insurgir". Ela escreveu ainda que gostaria que "todos aqueles que tentam prescrever a forma como o outro deve agir diante da revolta contra o Temer canalizasse sua energia para pedir liberdade para Rafael Braga", disse em referência ao jovem preso com duas garrafas de produtos de limpeza durante as manifestações de 2013, no Rio de Janeiro.

Negros na política

Ainda sobre os vereadores de Curitiba, dos 38 parlamentares, apenas dois são negros. A Casa, inclusive, já foi palco de denúncia de racismo entre vereadores. Relembre a história.

Mulheres na política

Dos 38 atuais vereadores de Curitiba, apenas cinco são mulheres.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Ita? O que é isso?

Afonso Rangel falou, há pouco, que o avô chegou no Rio de Janeiro, vindo do Nordeste, "num Ita". A Wikipedia explica: Ita era o nome que designava a classe de navios, ou qualquer um dos navios a vapor brasileiros, pertencentes à Companhia Nacional de Navegação Costeira, que faziam a cabotagem, transportando cargas e passageiros de norte a sul do Brasil, na primeira metade do século 20, e que tinham nomes em tupi-guarani iniciados pelas sílabas ita: Itaberá, Itagiba, Itaguassu, Itahité, Itaimbé, Itaipu, Itajubá, Itanagé, Itapagé, Itapé, Itapema, Itapuca, Itapuhy, Itapura, Itaquara, Itaquatiá, Itaquera, Itaquicé, Itassucê, Itatinga, Itaúba. Eles ficaram célebres, em 1993, com o samba-enredo "Peguei um Ita no Norte", da escola de samba carioca Salgueiro.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Segundo bloco

Começamos o segundo bloco do debate. Agora é a vez de Afonso Rangel começar. Nesse bloco, os candidatos têm 20 minutos para falar cada.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Intervalo

Acabou o primeiro bloco do debate. Em breve, voltamos com o debate entre os candidatos.

Moradia

Novo Plano Diretor de Curitiba traz dispositivos que, se aplicados, podem ajudar a promover projetos de moradia em áreas de boa infraestrutura da cidade. Saiba mais.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Quantos servidores?

Afonso Rangel falou, no início do debate, que a prefeitura tem "pouco mais de 30 mil" empregados. A relação de todos os servidores ativos da prefeitura lista 31.127 servidores municipais, dos quais 456 são comissionados. Há, ainda, 412 funções gratificadas.

Meritocracia

Debate entra em um campo clássico de embate entre esquerda e direita. Enquanto Xênia reforça a necessidade de igualdade de oportunidades, Afonso Rangel defende a meritocracia.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Afonso Rangel lembrou do relato de Xênia Mello no primeiro debate entre os candidatos, na Band. Ela contou que o menino está em uma creche municipal. Lembre como foi o debate.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Lava Jato

Afonso Rangel diz que a "empresa responsável pela coleta de lixo de Curitiba está na Lava Jato". É verdade. A Estre Ambiental, proprietária da Cavo, foi citada em delação do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Política urbana

Xênia cita uso de instrumentos de política urbana para garantir moradia e acesso democratizado à cidade. Muitos desses dispositivos já estão previstos na legislação de Curitiba, mas não são aplicados na prática. Confira uma reportagem da Gazeta do Povo que mostra que implantar esses instrumentos vai exigir “extraordinária vontade política” do próximo prefeito.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Lixo

Afonso Rangel fala agora sobre meio ambiente e lixo. O Livre.jor já mostrou, na Gazeta do Povo, que o próximo prefeito terá que lidar com o recolhimento de 714 mil de toneladas de lixo por ano. Leia aqui.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Não é papel dela, candidata!

Xênia Mello lamenta que a Guarda Municipal tenha "apenas viatura para atender a acidentes de trânsito". Não é papel da corporação fazer isso. Acidentes de trânsito com vítimas são da alçada do Batalhão de Polícia de Trânsito da PM.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
A '''Gazeta do Povo''' conversou com Renato Almeida Freitas Junior. Leia mais.

Candidato detido

Saiba mais sobre o caso do advogado Renato Freitas, candidato a vereador pelo Psol que foi detido recentemente pela Guarda Municipal. Leia aqui.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Já existe, candidato!

Afonso Rangel diz que a Guarda Municipal poderia ajudar a Polícia Militar no patrulhamento da cidade. Ela já faz isso, e não é de hoje. A base de dados pública que lista as ocorrências atendidas pela Guarda Municipal de Curitiba indica que a corporação realizou 177.083 atendimentos desde o início de 2009 – quando as estatísticas começaram a ser compiladas. Do total, 101.391 atendimentos (57,3% do total) foram realizados fora de equipamentos urbanos.

Segurança

Segurança pública tem pautado também o debate municipal. Leia nesta reportagem da Gazeta do Povo o que um prefeito pode fazer nesta área.

ICI

Em junho deste ano, o Gaeco realizou uma operação de busca e apreensão na sede do Instituto das Cidades Inteligentes, em Curitiba. A investigação está baseada em uma auditoria do Tribunal de Contas que apontou 490 supostas irregularidades em contrato do ICI com a prefeitura de Curitiba.

Diferenças

Depois de um começo de debate de pautas quase convergentes, diferenças ideológicas dos candidatos começam a ficar mais evidentes.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Sem comissionados

Afonso Rangel diz considerar "desnecessários" os cargos em comissão (preenchidos por indicação política). Num levantamento realizado em 2015 pelo Livre.jor, a prefeitura tinha comissionados filiados a 15 diferentes partidos. Nenhum era do PRP.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Transparência

Falando sobre transparência na administração pública, Afonso Rangel (PRP) prometeu "de cinco em cinco dias uma prestação de contas". Será que daria pra fazer? A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) já determina prestações de contas quadrimestrais às gestões. Ele também propõe algo que já existe - contas públicas na internet. A prefeitura de Curitiba, em cumprimento à LRF, tem suas contas na rede.

Prestação de contas

Candidatos debatem transparência e prometem prestações de contas frequentes e até em praça pública. Atualmente, por imposição da Lei de Responsabilidade Fiscal, a prefeitura tem que prestar contas três vezes ao ano em uma audiência pública na Câmara Municipal.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Começou!

A candidata Xênia Mello é a primeira a fazer perguntas neste debate. Ela falou sobre democratização da mídia, a cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e sobre o tempo que ela e Afonso Rangel têm na propaganda eleitoral gratuita: 11 e 9 segundos, respectivamente.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Lembrando as regras: no primeiro bloco, cada candidato tem 25 minutos para falar. Há um breve intervalo e voltamos para um segundo bloco com mais 20 minutos para cada candidato.
Livre.jor
Livre.jorEspecial para a Gazeta do Povo

Checagem de fatos

O Livre.jor irá checar os fatos mencionados pelos candidatos durante o debate.

Preparação

Os candidatos Xênia Mello (Psol) e Afonso Rangel (PRP) já estão na Gazeta do Povo. Enquanto o debate não começa, eles conversam com os assessores e jornalistas da Gazeta.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
O primeiro debate foi entre os candidatos Gustavo Fruet (PDT) e Rafael Greca (PMN), na segunda-feira (13). Lembre como foi.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Na quinta (15), se encontram Ney Leprevost (PSD) e Tadeu Veneri (PT). Para encerrar, na sexta (16), será a vez do debate entre Maria Victoria (PP) e Requião Filho (PMDB).
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Bom dia! Começa agora a cobertura em tempo real do segundo debate entre os candidatos à prefeitura de Curitiba promovido pela '''Gazeta do Povo'''. Hoje, é a vez de Xênia Mello (Psol) e Afonso Rangel (PRP) exporem suas ideias.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]