i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Em família

Emília Belinati é eleita para o lugar do filho na Sanepar

Ela é ex-mulher de Antônio Belinati, ex-prefeito de Londrina que foi cassado duas vezes, e mãe de Antônio Carlos Belinati Filho, que assumiu o lugar deixado por Fábio Camargo na Assembleia

  • PorAmanda Audi
  • 08/08/2013 13:13

Emília Belinati herdou o cargo do filho na Sanepar. Ela foi escolhida para o posto de Diretora Comercial na última terça-feira (6). Emília não era funcionária da entidade até então, mas a sua indicação foi aprovada por unanimidade pelo conselho do órgão – que é formado, em sua maioria, por indicados do governo estadual.

A nova diretora é mãe de Antônio Carlos Salles Belinati (PP), que deixou o mesmo cargo na Sanepar para assumir o lugar deixado por Fábio Camargo na Assembleia Legislativa. Camargo foi eleito conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná no mês passado.

Emília foi casada com o ex-prefeito de Londrina, Antônio Belinati (PP), que foi cassado duas vezes pela Justiça Eleitoral – a primeira vez em 2000 e a segunda em 2008. Ela também já foi vice-governadora durante duas gestões de Jaime Lerner e deputada estadual no começo da década de 1990. Ela deve ficar no cargo comissionado de diretora da Sanepar até 9 de junho de 2015.

Indicação do governador

A indicação para o cargo tem influência direta do governador Beto Richa (PSDB) e mostra que o peso do sobrenome Belinati ainda é forte no estado, analisa Marco Rossi, sociólogo da Universidade do Norte do Paraná (Unopar).

A posse de Emília no lugar do filho não espantou o sociólogo. "Ainda não conseguimos eliminar do Paraná a coisa da política do sobrenome", lamenta. Ele avalia que o "belinatismo" está associado ao populismo. E que com as carências do estado, esse tipo de discurso político ainda tem força. Um dos representantes do belinatismo, Marcelo Belinati (PP), sobrinho do ex-prefeito, perdeu as eleições para a prefeitura de Londrina no ano passado, contrariando as expectativas.

Emília foi procurada pela reportagem, mas não pôde atender as ligações. A assessoria da Sanepar informou que ela estava em reuniões e não daria entrevista nesta quinta-feira. A informação sobre a eleição dela para o cargo de diretora comercial da Sanepar foi confirmada pela entidade em comunicado voltado aos seus acionistas e investidores datado da última quarta-feira (7).

Salário

Não é possível saber qual é o salário do cargo porque a Sanepar não divulga os vencimentos de seus funcionários. A medida segue na contramão da decisão do governo estadual de divulgar os salários dos servidores desde 1º de agosto – apesar das falhas no sistema. A assessoria da Sanepar informou que os salários não são publicados para evitar problemas judiciais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.