Joaquim Levy negocia com o Congresso uma saída para a crise. | Ueslei Marcelino/Reuters
Joaquim Levy negocia com o Congresso uma saída para a crise.| Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, chegou há alguns instantes à Comissão Mista de Orçamento no Congresso. O principal assunto da pauta é o pacote fiscal, anunciado na última segunda-feira (14), para reverter o déficit de R$ 30,5 bilhões no Orçamento de 2016

Levy foi abordado pela reportagem, mas não quis falar. O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, também participará da reunião. A audiência será fechada, restrita aos ministros e aos parlamentares.

Planalto não tem plano B para CPMF, diz ministro

Leia a matéria completa

Na quarta-feira (16), antes da reunião que deveria servir para chancelar o suporte de governadores à recriação da CPMF, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, se reuniu com Levy, para discutir preliminarmente a viabilidade do percentual que seria destinado aos estados.

Pezão se posicionou a favor da recriação da CPMF, desde que governo e Congresso concordem em dividir a arrecadação com estados e municípios. Ainda não há definição sobre uma eventual participação dos municípios nesta distribuição.

Após reunião com Levy, o governador do Rio criticou a frente que os parlamentares de oposição pretendem montar contra a volta do imposto e disse que eles devem ouvir os governadores de suas respectivas bases, para “ver que eles têm o mesmo problema” em sustentar a Previdência.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]