Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR), protocolou anteontem, na Secretaria Geral da Mesa Diretora da Casa, requerimento para que a Casa Civil forneça dados completos sobre os voos realizados pelo Grupo de Transporte Especial da Força Aérea Brasileira (FAB) no período de 1º de janeiro de 2011 a 25 de julho de 2013. Esse grupo é o que realiza as missões áreas com a presidente da República, ministros e outras autoridades. As informações são da Agência Câmara.

Para o deputado, as informações disponibilizadas pelo portal da FAB são insuficientes, já que incluem apenas os voos operados a partir de 15 de julho de 2013. Bueno pede acesso aos nomes das autoridades, de eventuais acompanhantes, motivo da viagem e custo individualizado de cada operação realizada em aviões da FAB.

"Transparência é permitir que o Congresso Nacional e, consequentemente, a sociedade brasileira tenham acesso a todas as planilhas de voos da FAB. Tem que expor tudo até para separar e mostrar que autoridade fez farra com o dinheiro público", afirmou o autor do requerimento.

Após receber oficialmente o pedido da Câmara, o governo tem 30 dias para enviar as respostas.

Sugestões

O líder do PPS também sugeriu ao governo federal que altere o Decreto 4.244/02 e obrigue as autoridades a requisitarem por escrito as aeronaves da FAB, fazendo constar detalhes da agenda oficial de viagem, os nomes, CPFs e a justificativa da presença de cada acompanhante, qualquer que seja o motivo do voo.

Cobrança

Rubens Bueno informou que, em 2012, também pediu informações sobre viagens de autoridades em aviões da FAB, mas lamentou que a Mesa da Câmara não tenha encaminhado os requerimentos. Ele afirmou que, com o surgimento de novas denúncias sobre uso irregular dos aviões, tem expectativa de que a Casa dê sequência a seu ofício.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]