Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Gilberto Kassab, ex-prefeito(PSD) | Sérgio Lima/Folhapress
Gilberto Kassab, ex-prefeito(PSD)| Foto: Sérgio Lima/Folhapress

Pinga-fogo

"A Convenção do PMDB de nada serviu. Fidelidade partidária é princípio básico da democracia."

André Zacharow, deputado federal pelo PMDB, sobre a decisão do partido de liberar parlamentares do estado para participar de campanhas de outros candidatos ao governo do estado que não sejam Roberto Requião (PMDB).

  • André Zacharow, deputado federal pelo PMDB

Responsável por uma das principais reviravoltas na formação das alianças para a disputa eleitoral em São Paulo, o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD foto), candidato ao Senado Federal, reúne um patrimônio de R$ 6,5 milhões, segundo dados repassados à Justiça Eleitoral. O montante é quatro vezes a soma dos bens informados pelo seu padrinho político e agora adversário, José Serra (PSDB), que detém R$ 1,5 milhão. O valor é ainda três vezes maior do que o declarado pelo senador Eduardo Suplicy (PT), que totaliza R$ 2 milhões. A segunda maior fortuna na disputa ao Senado Federal por São Paulo, de acordo com os dados divulgados pela Justiça Eleitoral até ontem, é de Marlene Campos Machado, mulher do presidente do PTB de São Paulo, deputado estadual Campos Machado. O patrimônio dela totaliza R$ 4,4 milhões.

Papa candidato?

Considerado ‘ficha-suja’ em lista do Tribunal de Contas da União (TCU), o deputado estadual maranhense Raimundo Nonato Alves Pereira, o "Raimundo Louro" (PR), teve sua candidatura à reeleição registrada de uma forma inusitada. O DivulgaCand 2014 – sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsável pela divulgação das candidaturas de políticos em todo o Brasil – traz a foto de Jorge Mario Bergoglio, o papa Francisco, no lugar do parlamentar.

Qualquer uma

O erro, que segundo a assessoria de Louro foi do TSE, permaneceu no site ao menos quatro dias e a imagem foi retirada somente ontem. Ainda assim, persiste no registro outra informação equivocada: o candidato não é servidor público federal, como consta no DivulgaCand, e sim empresário. A assessoria do TSE diz que os registros de candidaturas são feitas pelos Tribunais Regionais Eleitorais. O TRE-MA alega que todas as informações que constam no registro são originadas do partido do candidato, e que na falta de uma foto ideal, possivelmente foi colocada ‘qualquer uma’ apenas para constar.

400 pastores...

O governador Beto Richa (PSDB) dedicou parte da quinta-feira a um encontro com evangélicos em Foz do Iguaçu. Richa esteve reunido com cerca de 400 pastores da Assembleia de Deus. No encontro, o governador afirmou que foi o responsável pela criação do Dia da Marcha para Jesus, ainda na prefeitura de Curitiba, e pela inclusão do evento no calendário do estado. "Recentemente sancionei as leis do Dia do Pastor e o Dia do Círculo de Oração no Estado do Paraná", disse o governador.

... e um padre

Enquanto isso, a senadora Gleisi Hoffmann (PT), concedeu uma entrevista para o padre Reginaldo Manzotti, na rádio Evangelizar. Aproveitou para criticar o governo Beto Richa e sua gestão na área de saúde. "Não me conformo com a situação em que o PR se encontra na área de saúde. Somos o 23º estado em investimento na saúde, mesmo sendo a 5ª economia nacional", disse Gleisi pelo Facebook.

E a festa

Já Roberto Requião (PMDB) anunciou que hoje irá à Festa do Divino Espírito Santo na Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Guaratuba.

Colaborou: Rogerio Waldrigues Galindo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]