Na Convenção Estadual do PMDB, realizada neste sábado (14), o partido oficializou a candidatura do empresário Paulo Skaf ao governo paulista com 596 votos favoráveis dos 599 delegados presentes. Houve 3 votos em branco. "Já temos candidato a governador para mudar São Paulo, é o companheiro Paulo Skaf", anunciou o presidente estadual da sigla, deputado Baleia Rossi, que avaliou em 8.000 o número de militantes presentes à convenção. Já o presidente do PMDB, Valdir Raupp, estimou em cerca de 3.000 o número de participantes.

Em entrevista, Skaf comentou o resultado da última pesquisa do Datafolha, que o apontou em segundo lugar na corrida pelo governo de São Paulo, com 21% das intenções de voto -Geraldo Alckmin (PSDB) aparece em primeiro lugar, com 44%. "É normal que o governador esteja em primeiro lugar no Datafolha. O que essa pesquisa mostra é que acabou a polarização que existe há 20 anos aqui em São Paulo. Agora, o PMDB e o PSDB estão polarizados", disse.

Na convenção, Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho e presidente do PDT, sigla que aderiu à candidatura de Skaf, defendeu a presidente Dilma das vaias no Itaquerão na abertura da Copa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]