Sciarra: tentam “demonizar” o Executivo paranaense. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Sciarra: tentam “demonizar” o Executivo paranaense.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Encerrada a greve dos professores da rede pública estadual, o governo do Paraná se voltou aos docentes universitários, que continuam parados. Agora, há um link no Portal da Transparência do Executivo chamado “Remuneração das Instituições de Ensino Superior”, facilitando a busca pelo salário dos profissionais de todo o estado. Por ora, somente as duas categorias ganharam esse destaque no site.

Contra o governo

Nesta quinta-feira (18), o secretário-chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, publicou um artigo no qual acusa os professores de estarem fazendo campanha em sala de aula contra o governo.

Assim como no link já existente “Remuneração dos Professores”, é possível filtrar a busca por cidade e instituição onde o docente universitário trabalha. Mais uma vez, a tabela é gerada com o nome dos professores ordenados, propositadamente, do maior para o menor salário.

Queda de braço

Mesmo com os professores da rede estadual de volta ao trabalho, o Executivo segue numa queda de braço com a categoria. Nesta quinta-feira (18), o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, publicou um artigo no qual acusa os docentes de estarem fazendo campanha em sala de aula contra o governo.

Segundo ele, alguns docentes estariam usando “vídeos previamente editados e outros artefatos” para tentar transmitir a mensagem “do bem contra o mal” e “demonizar” o Executivo paranaense. “Escola não é lugar para doutrinar ninguém e sim um espaço de ensino e aprendizado”, defendeu.

Em paralelo, o site oficial de notícias do governo do estado publicou uma reportagem segundo a qual “em 111 municípios há professores com salários maiores que o dos prefeitos”. A matéria cita vários casos para sustentar a tese. Em Nova Santa Bárbara, no Norte Pioneiro, por exemplo, o prefeito teria salário de R$ 10.390 contra R$ 18.546,90 do professor que receberia o maior salário no município.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]