i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
foragido da justiça

Se conseguir chegar à Alemanha, Eike não poderá ser extraditado ao Brasil

Segundo colunista do jornal O “Globo”, PF suspeita que empresário, que pegou um voo para Nova York na terça-feira (24), tentará seguir para a Alemanha

    • Da redação, com Agência O Globo
    • 26/01/2017 18:09
    Eike Batista, dono do Grupo EBX | YASUYOSHI CHIBA/AFP
    Eike Batista, dono do Grupo EBX| Foto: YASUYOSHI CHIBA/AFP

    A assessoria de imprensa do BKA (Bundeskriminal Amt), que abriga o escritório da Interpol na Alemanha, não tinha até a tarde desta quinta-feira (26) informações sobre o paradeiro do empresário Eike Batista, um dos principais alvos e foragido da Operação Eficiência — sobre esquema de desvio e lavagem de dinheiro de contratos do governo do estado do Rio na gestão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). Mas, devido ao empresário ter cidadania alemã, mesmo que o localize, o BKA não tomará nenhuma providência para extraditá-lo para o Brasil.

    O empresário viajou para Nova York, com um passaporte alemão, no voo AA974 da American Airlines na última terça-feira (24). De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a Polícia Federal suspeita que o empresário seguirá dos EUA para a Alemanha. Eike tem cidadania alemã e, portanto, tem proteção da lei do país. Isto significa que pode permanecer na Alemanha mesmo no caso de delitos graves, como homicídio ou tráfico de drogas. Caso o seu envolvimento em um delito grave seja comprovado, ele continua protegido caso a lei do país que o procura ameace com uma penalidade maior do que na Alemanha ou as condições de prisão sejam piores do que nas prisões do país.

    Empresário estaria hospedado na Trump Tower, em NY

    Segundo informações do jornal O Dia, Eike Batista estaria hospedado na famosa Trump Tower, em Nova York. De acordo com o apurado pela reportagem, ele estaria no apartamento de um “renomado” advogado do Rio de Janeiro.

    O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, determinou a inclusão do nome do empresário Eike Batista na lista “difusão vermelha” da Interpol, que reúne pessoas foragidas da Justiça.

    Um dos contatos antigos de Eike na Europa, o publicitário e escritor Michael Kanofsky, de Berlim, lembra que o brasileiro já era ambicioso no tempo de escola quando era ainda adolescente.

    “Quem viu Eike já naquela época, não fica admirado de ele ter se tornado um empresário famoso”, diz o publicitário.

    Os dois estudaram juntos na renomada Escola Internacional Alemã de Bruxelas. Kanofsky ainda tem uma foto que tirou do brasileiro durante uma viagem da sua classe escolar à Noruega, nos anos 70.

    Mas no final dos anos 70 os caminhos dos dois amigos tomaram rumos diferentes. Eike começou a estudar siderurgia na Universidade de Aachen, enquanto que Kanofsky resolveu estudar publicidade e comunicação.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

      Receba Nossas Notícias

      Receba nossas newsletters

      Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

      Receba nossas notícias no celular

      WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

      Comentários [ 0 ]

      O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.