Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Serra: “É possível que eu seja candidato a presidente” | Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo
Serra: “É possível que eu seja candidato a presidente”| Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Um dia depois de o presidenciável tucano Aécio Neves (MG) dizer que aceita realizar prévias para escolher o candidato do PSDB ao Planalto, o ex-governador José Serra (SP), seu rival no partido, disse que poderia aceitar participar da disputa desde que conhecesse as regras e que elas garantissem "igualdade de condições".

Lembrando mais de uma vez que Aécio falou sobre as prévias na condição de "candidato e de presidente nacional" da sigla, Serra disse que precisa também saber quem serão os eleitores da disputa interna e os e prazos para sua realização antes de anunciar sua decisão de participar.

O paulista esteve ontem em uma reunião no Senado. Presente no Congresso Nacional no mesmo momento, Aécio chegou a entrar na sala, onde permaneceu por poucos minutos, mas saiu em seguida sem falar à imprensa.

Segundo senadores presentes, os dois se cumprimentaram rapidamente e não falaram sobre prévias. Aécio disse que não participaria da reunião devido a compromissos.

"Uma vez esclarecidos esses pontos [as condições que enumerou], alguns poderão tomar a decisão de participar ou não. Eu próprio, é possível que seja candidato a presidente, de acordo com as regras propostas, então é preciso conhecer essas regras", afirmou Serra aos jornalistas.

Ao anunciar que aceita disputar prévias no PSDB, Aécio tinha o objetivo de derrubar eventual justificativa de Serra para disputar a presidência por outra legenda, o que ele vem cogitando há meses.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]