| Jonathan Campos/ Gazeta do Povo
| Foto: Jonathan Campos/ Gazeta do Povo

Os advogados de Abib Miguel, o Bibinho, ex-diretor-geral da Assembleia Legislativa do Paraná, entraram na segunda-feira com mais um pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça. Ele está preso acusado de chefiar uma quadrilha que desviou mais de R$ 100 milhões dos cofres da Assembleia, segundo estimativa do Ministério Público. O pedido será julgado pelo primeiro vice-presidente do tribunal, desembargador Sérgio Arenhart. Na semana passada os advogados de Bibinho ingressaram com uma ação de conflito de competência no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília. A intenção da defesa do ex-diretor é questionar a competência do MP Estadual para investigar as denúncias e da Justiça Estadual para julgar o caso – como vem ocorrendo. Para os advogados de Bibinho, cabe à esfera federal investigar e julgar. O caso está com o ministro Honildo Amaral de Mello. Em junho, os advogados utilizaram a mesma estratégia de questionar a competência no Supremo Tribunal Federal, mas não tiveram o pedido acolhido.

* * * * *

Conversa afiada

Jonny Stica (PT), vereador e possível candidato a presidente da Câmara em 2011:

Está sendo montada uma chapa de oposição?

É preciso ficar claro que não é uma chapa de oposição à prefeitura. Até porque a bancada de oposição é de apenas cinco vereadores. A chapa é uma tentativa de renovação da administração da Câmara.

Em que pé está a articulação?

O PT já definiu que quer uma chapa para disputar contra o [atual presidente João Claudio] Derosso, que está há sete mandatos no cargo.

Além de PT e PMDB, quem poderia participar?

Estamos procurando todos os partidos. E não precisamos convencer o partido inteiro. Pode ser a adesão do vereador, também.

A última chapa que tentou derrotar Derosso foi a de seu pai, o ex-vereador Natálio Stica...

É verdade. Na última eleição, o Professor Galdino se lançou isolada­mente. Mas chapa com chance foi a dele.

* * * * *

Sem indenizar

A família do ex-presidente João Goulart teve um pedido de indenização por danos materiais e morais contra os Estados Unidos negado pela ministra do Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Federal. Segundo a família, os EUA contribuíram decisivamente para o golpe militar de 1964 que tirou Jango do poder. A família de Jango usou como argumento livro do então embaixador americano Lincoln Gordon, morto no ano passado, confirmando a participação dos EUA no golpe. Para a ministra, o tipo de ação – uma reclamação – é inadequado para a questão.

Lemanski

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou em primeira votação ontem projeto que dá o nome do empresário Edmundo Lemanski a um Centro Municipal de Educação Infantil. O projeto, que foi apresentado coletivamente pelos vereadores, passa pela segunda votação hoje. Lemanski, presidente do GRPCom, faleceu em agosto deste ano, aos 83 anos.

É ele

Orlando Pessuti confirmou ontem que Altevir Rocha de Andrade responderá pela Secre­­taria de Educação até o fim de seu mandato, no mês que vem. Altevir assumiu o posto interi­­namente na sexta-feira, depois que Yvelise Arco-Verde, titular desde 2008, deixou a Secretaria alegando "razões pessoais". O que se diz é que ela irritou Pessuti ao aprovar, sem autorização, demissões e contratações no valor de R$ 15 milhões.

* * * * *

Pinga-fogo

"Eu estou muito feliz porque tem muito mais gente voando de avião."

Luiz Inácio Lula da Silva, sobre o excesso de passagens aéreas vendidas para os feriados de fim de ano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]