Comer muito carboidrato pode fazer com que a fome surja em menos tempo do que se tivesse uma alimentação equilibrada. Foto: Bigstock.
Ao elevarem de forma crônica os níveis de cortisol, o principal hormônio do corpo relacionado ao estresse, os telefones podem estar ameaçando a saúde e nos tirando anos de vida. Foto: Bigstock.
Sedativos hipnóticos têm benefício limitado e podem, às vezes, causar problemas mais sérios do que os que poderiam prevenir. Foto: Bigstock.
homem-dormindo
Pulseira oferece choque de 50 a 450 volts para mudar hábitos "errados"
A apneia do sono aflige mais de duas em cada cinco pessoas com índice de massa corporal de mais de 30, e três em cinco adultos com síndrome metabólica. Foto: Bigstock.
A testosterona, hormônio predominante nos homens, acaba promovendo um maior trabalho muscular, fazendo com que o corpo produza mais calor em comparação às mulheres. Foto: Bigstock.
Mal estar, náusea, dores de cabeça matinais, sensação de cansaço, falta de memória, confusão mental e demora em resolver problemas são sintomas que podem indicar que a falta de sono pode estar te levando para um quadro perigoso. Foto: Bigstock.
Entre os participantes da pesquisa, dormir apenas 16 minutos a menos do que o habitual foi associado a um ponto adicional na escala de interferência cognitiva no dia seguinte. Foto: Bigstock.