Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Alckmin pode ser o candidato governista, diz Darcísio Perondi
| Foto:

O vice-líder do governo na Câmara, Darcísio Perondi (PMDB-RS), colocou o nome do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), na lista dos presidenciáveis que poderão defender o legado da gestão Temer em 2018. Segundo o peemedebista, ainda que o PSDB de Alckmin esteja ensaiando o desembarque do governo federal, a postura centrista do partido e o apoio tucano à reforma da previdência legitimam a opinião.

Para o parlamentar, a candidatura governista seria competitiva no ano que vem, mesmo com a reprovação galopante que marca a gestão Temer, porque a sociedade buscaria uma opção moderada que se apresentaria entre os favoritos Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro. Perondi citou ainda o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, como representante dessa corrente.

“Nós [governistas] temos o Meirelles, nós temos Rodrigo Maia. O PSDB tá saindo da base, mas eles têm um candidato chamado Geraldo Alckmin, que é preparado também. São os candidatos que podem ser a convergência”, disse.

Falta apenas combinar com Geraldo Alckmin.

Previdência
No entanto, Perondi foi enfático ao dizer que as chances dessa linha central passam e muito pelo sucesso da reforma da previdência.

“Se não sair a reforma da previdência, vai haver uma renovação extraordinária. Pode aparecer um candidato de esquerda, ou fortemente de direita, o que não serve. Teríamos aí é um cenário muito ruim, de juro alto, inflação alta, dobrar o valor da previdência, desemprego”, apontou.

 

LIVES de 2a a 6a ÀS 17H – INSCREVA-SE NO CANAL:

YOUTUBE.COM/GAZETADOPOVO

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]