i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

A Protagonista

Foto de perfil de A Protagonista
Ver perfil

Conheça Carlos Viana, o ‘Datena de MG’ que concorre ao Senado pelo PHS

  • PorThaísa Oliveira
  • 07/07/2018 20:00
(Foto: Reprodução/MG Record)
(Foto: Reprodução/MG Record)| Foto:

A pré-candidatura ao Senado do apresentador de tevê José Luiz Datena (DEM-SP) deu ânimo ao jornalista Carlos Viana (PHS-MG), também pré-candidato a senador. O apresentador deixou os programas que conduzia na TV Record e na Rádio Itatiaia na sexta-feira (29) por exigência da legislação eleitoral.

“A candidatura do Datena ao Senado é a confirmação de que é a hora das pessoas com uma visão nova de Brasil entrar na política”, afirma, orgulhando-se das semelhanças com o jornalista e do rótulo de “Datena de MG”. “Eu fico muito feliz com a comparação. Sou fã do Datena.”

Novato nas eleições, Viana aparece tecnicamente empatado com a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PSDB) e o ex-prefeito de Juiz de Fora Bruno Siqueira (MDB) na disputa ao Senado, de acordo com pesquisa de intenção de votos feita em junho pelo DataPoder360.

LEIA MAIS: Caso ‘helicoca’: senador Zezé Perrella perde briga com o Google

Com o discurso de que será a “terceira via” em Minas Gerais, o apresentador diz que Dilma não ameaça sua candidatura e que Aécio só tem chances de se eleger à Câmara dos Deputados. “O nome de Aécio já é página virada em Minas Gerais. Ele pode até tentar, mas a rejeição dele em Minas é de 83%. Na carreira ao Senado, ele pode pôr um ponto final.”

Depois de mudar o domicílio eleitoral para Minas Gerais, a ex-presidente anunciou que é pré-candidata ao Senado na quinta-feira (28). Já a assessoria do tucano afirma que o senador está focado em construir alianças para a candidatura do PSDB ao governo do estado e ainda não definiu se será candidato.

Apesar do discurso de que representa o “novo” da política mineira — contra os “atuais caciques e medalhões” —, Viana já garantiu apoio ao senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), a quem chama de “professor”. Apadrinhado político de Aécio Neves, Anastasia foi governador do estado entre 2010 e 2014 e é pré-candidato ao governo em 2018.

“Ou o PHS se torna parte dessa caminhada comigo e com o professor [Anastasia] ou o partido vai se manter neutro. Não vai apoiar ninguém”, diz. “Eu não apoiaria palanque nenhum que fosse ligado ao PT ou a Aécio Neves. O Anastasia sabe dessa ligação com o passado, mas, até onde eu sei, o Aécio está totalmente afastado do PSDB. Hoje, ele não aparece nem para um cafezinho.”

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.