Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Tem novidade no cenário político brasileiro. Há poucos dias foi construído o movimento "Direitos Já, Fórum pela Democracia". Trata-se de uma aproximação de partidos para oposição ao governo Jair Bolsonaro. Até os mais céticos duvidaram, mas nesta trincheira estão lado a lado pelo menos 15 legendas, o que inclui PT e PSDB.

A ideia, no entanto, segundo Fernando Guimarães Rodrigues, um dos organizadores do movimento, não é unir esses partidos. "Na verdade é um sentimento pós-eleição, que precisaríamos buscar o diálogo entre vários setores, pois as pautas do governo, se aprovadas, ameaçam valores da nossa sociedade, como a democracia, liberdade, direitos humanos, sociais, políticos e ambientais", enumera.

Dentro disso, segundo o cientista social e político, as convergências vão além dos partidos, e é possível colocar na mesma mesa, por exemplo, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Haddad e Guilherme Boulos. "É um exercício de reunir as lideranças ativistas dos partidos, e também da sociedade civil. Isso foi possível por não ter que olhar para o retrovisor. Mas sim para frente e o que precisamos construir", explica.

As reuniões amadurecidas seguirão no segundo semestre desse ano. Confira a entrevista completa com Fernando Guimarães Rodrigues, do movimento "Direitos Já, Fórum pela Democracia", ao programa 'A Protagonista', no vídeo abaixo.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]