i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Bad, Bad Server

Ver perfil

Fanpage ‘Historical footage Made In Brazil’ conta a história do mundo com memes; conheça criador

  • PorJúlio Boll
  • [06/02/2017] [22:16]
Fanpage ‘Historical footage Made In Brazil’ conta a história do mundo com memes; conheça criador
| Foto:

Contar fatos históricos com muita inteligência e legendas em inglês está levando ‘Historical footage Made In Brazil’ ao status de uma das fanpages mais hilárias dos últimos dias. A proposta criada pelo brasiliense Lucas Mayon, de 19 anos, é simples: pegar imagens de memes e de personalidades do Brasil para contar fatos mundiais, como a armada alemã saudando Hitler (usando uma imagem do funk “Ó o Gás”) ou então Napoleão Bonaparte antes de atacar a Russia (com a imagem de Renato Aragão para ilustrar); veja alguns exemplos:

A fanpage, que já soma quase 200 mil seguidores em duas semanas, foi criada após uma série de brincadeiras de Lucas e seus amigos, que compartilhavam as mesmas ideias de posts entre eles, para tirar sarro. “A brincadeira começou quando foram publicadas as fotos da rebelião na Penitenciária de Alcaçuz. A forma como os presidiários improvisavam armas lembrava o armamento da era medieval, então começamos a brincar com essa semelhança”, explica o jovem, que cursa Direito em Brasília.

Além de cursar a faculdade, Lucas também faz estágio na Advocacia Geral da União e garante que o retorno dos internautas é o que mais o estimula. “A maioria responde com comentários do tipo “sabia que tinha mão sua nisso’. Sempre fui apaixonado por história, e meus amigos não ficaram muito impressionados em saber que eu estava envolvido nesse tipo de coisa”, conta, entre risos, em tarefa que divide com outros 5 administradores.

Paixão por história

Por ser um assunto bem específico, era de se esperar que Lucas gostasse de história. Dito e feito. “Me interesso muito pela história brasileira, e também da história de países do leste europeu. O período que mais me fascina é o Segundo Reinado no Brasil, por ser riquíssimo e pouco contado nas escolas. Falam apenas dos aspectos econômicos, e geralmente demonizando a figura dos monarcas brasileiros. Gosto de ter uma visão completa sobre esse período”.

Lucas Mayon, criador de 'Historical footage Made In Brazil': paixão por história e muita risada

Lucas Mayon, criador de ‘Historical footage Made In Brazil’: paixão por história e muita risada

E sobre o futuro? “Pretendo começar meus esforços para entrar para a política quando terminar a faculdade. Como morador do Distrito Federal, vejo alguns problemas sérios na gestão local, e já estou cansado de esperar aparecer algum candidato que se dedique a resolver”, revela.

Todo esse envolvimento, é claro, com imparcialidade. “Tento ser o mais neutro o possível com o conteúdo da página. Tento convidar editores de diversas posições para a página, e não acho certo usar uma página de humor para fins políticos”. Afinal, nada melhor do que contar a história com ótimas legendas em inglês – e sem causar um mar de discussões no Facebook. Que essa criatividade esteja só começando, Lucas!

>> Para ajudar a contribuir com posts, Lucas indica que o usuário entre em um grupo para enviar a sugestão – clique aqui.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.