i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Caixa Zero

Ver perfil

Cida Borghetti faz emenda à LDO que permite reajuste ao funcionalismo em 2019

  • PorRogerio Galindo
  • 28/05/2018 16:09
A governadora Cida Borghetti. Foto: Jonas Oliveira/Governadoria
A governadora Cida Borghetti. Foto: Jonas Oliveira/Governadoria| Foto:

A governadora Cida Borghetti enviou nesta segunda-feira uma emenda que modifica a Lei de Diretrizes Orçamentárias do Paraná para o ano que vem. A emenda passa a permitir reajuste do funcionalismo em 2019. O governo diz esperar aprovar a modificação sem maiores problemas.

A LDO havia sido encaminhada para Legislativo com uma “trava” que não permitia qualquer reposição de inflação (quanto mais aumento real) para os servidores. Cida, no entanto, disse que isso se devia a ter herdado a lei já redigida pela gestão Beto Richa – não teria havido tempo para mudar o texto.

A emenda deve chegar à Assembleia ainda nesta segunda. Sendo lida, passa a tramitar junto com o projeto original. Em tese, isso facilita uma possível negociação salarial entre governo e funcionalismo, independente de quem venha a vencer as eleições de outubro.

Leia mais: Beto admite que pode ir sem Cida e sem Ratinho para a eleição

“Em tese” porque o governo continua precisando respeitar o acordo com o governo federal que exige a manutenção de um teto de gastos – esse trato foi feito para que o Paraná e os demais estados pudessem rolar sua dívida com a União.

Os servidores do estado estão sem reposição da inflação há dois anos. Neste ano, ainda há expectativa de reposição pelo menos da inflação dos últimos 12 meses, o que significaria 2,76% a menos de perdas. Mas não há nada definido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.