i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Caixa Zero

Ver perfil

Quase 20% dos deputados não tentam reeleição no Paraná: veja nomes

  • PorRogerio Galindo
  • 03/07/2018 09:49
Quase 20% dos deputados não tentam reeleição no Paraná: veja nomes
| Foto:

A eleição deste ano poderá deixar cerca de 20% dos deputados estaduais paranaenses fora da disputa pela reeleição já de cara. Pelo que se sabe até agora, pelo menos nove deputados decidiram não disputar o mesmo cargo – e dois estão com problemas legais para manter a candidatura.

Dos 54 deputados, quem tenta o passo mais ousado é Ratinho Jr., que vai disputar o governo do estado. Depois dele, há cinco outros que tentam uma “promoção” para Brasília, disputando vaga de deputado federal. São eles: Ney Leprevost, Schiavinatto, Felipe Francischini, Márcio Pauliki e Pedro Lupion.

Leia mais: Requião mais mesmo com Cida? Ou só quer atazanar Osmar?

Por fim, há três que decidiram encerrar a carreira eleitoral. Rasca Rodrigues e Fernando Scanavaca tomaram a decisão sozinhos. Já o pastor Edson Praczyk foi ajudado pela Igreja Universal do Reino de Deus, que escolheu substituí-lo na chapa depois de cinco mandatos consecutivos.

Enquanto isso, Nereu Moura e Hussein Bakri lutam contra decisões judiciais que podem deixá-los inelegíveis.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.