Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Thiago Ferro autor do projeto também propôs a  "Escola sem Partido". Foto: Chico Camargo/CMC.
Thiago Ferro autor do projeto também propôs a "Escola sem Partido". Foto: Chico Camargo/CMC.| Foto:

A Câmara Municipal de Curitiba recebeu a segunda denúncia do ano sobre vereadores que poderiam ter ficado com parte do salário de comissionados. A nova denúncia é contra o vereador Thiago Ferro, do PSDB.

De acordo com o presidente da Câmara, Serginho do Posto (PSDB), a denúncia foi levada à Corregedoria por um cidadão que teria falado de vários fatos, mas sem apresentar provas.

Leia mais: Na Câmara, ficar com salário alheio é comum como dar nome a ruas

Agora o corregedor, Dr. Wolmir (PSC), foi instruído a ver se há motivo para levar a denúncia em frente. Para isso, vai ouvir as pessoas supostamente envolvidas.

“É um caso diferente, se comparar com o a da vereadora Katia. Não trouxeram nenhum documento, comprovante de depósito. Por enquanto o que existe é um relato. Mas vamos apurar, nunca vamos deixar de investigar”, disse Serginho.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]