As vagas são apenas para homens com idade entre 18 e 22 anos
As vagas são apenas para homens com idade entre 18 e 22 anos| Foto: Divulgação/Marinha do Brasil

Está aberto o concurso de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM 2021), com a oferta de 750 vagas que exigem, entre outros requisitos legais, ser do sexo masculino, não ser casado ou ter constituído união estável, ter entre 18 e 22 anos de idade, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m e, também, ter concluído (ou estar em fase de conclusão) do ensino médio.

De acordo com o edital de abertura (acesse aqui) O curso acontece em regime de internato, inteiramente gratuito, com duração de um ano letivo, com opção de escolas em Fortaleza (CE), Recife (PE), Vila Velha (ES) e Florianópolis (SC).

LEIA TAMBÉM: Lei Orçamentária autoriza 51 mil vagas no governo federal

As inscrições serão recebidas de 24 de maio a 13 de junho de 2021 no site da Marinha do Brasil, com taxa de participação no valor de R$ 40,00.

Etapas do concurso

Os candidatos farão prova objetiva em data a ser agendada (na segunda quinzena de julho) com cinqüenta questões das matérias de português, matemática, física, química e inglês. A prova acontecerá nas cidades de Angra dos Reis (RJ), Macaé (RJ), Nova Friburgo (RJ), Rio de Janeiro (RJ), São Pedro da Aldeia (RJ), Vila Velha (ES), Belo Horizonte (MG), São José da Barra (MG), Barra Bonita (SP), Santos (SP), São Paulo (SP), Amapá (AP), Belém (PA), Santarém (PA), Manaus (AM), Porto Velho (RO), Palmas (TO), Salvador (BA), Ilhéus (BA), Aracaju (SE), Natal (RN), Olinda (PE), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Paraíba (PB), Piauí (PI), São Luís (MA), Ladário (MS), Cuiabá (MT), Brasília (DF), Foz de Iguaçu (PR), Paranaguá (PR), Florianópolis (SC), São Francisco do Sul (SC), Porto Alegre (RS), Rio Grande (RS) e Uruguaiana (RS).

Os classificados na primeira etapa serão convocados para verificação de documentos (05 a 19/10/2021), avaliação psicológica (08 a 22/11/2021), inspeção de saúde (03/11 a 01/12/2021) e teste de aptidão física (30/09 a 05/11/2021), etapas sucessivas e eliminatórias, além de procedimentos de heteroidentificação complementar para os inscritos que se declararam negros.

Os candidatos aprovados em todas as etapas do concurso ingressarão no Curso de Formação de Marinheiros para a Ativa (C-FMN), no qual serão ministradas disciplinas do ensino básico e do ensino militar-naval. Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o Aprendiz-Marinheiro perceberá bolsa-auxílio atinente à sua graduação, no valor total de R$ 1.303,90.

O curso de formação será estruturado em duas fases. A primeira, no grau hierárquico de Aprendiz-Marinheiro (AM), destinada à formação militar-naval, e a segunda, no grau hierárquico de Grumete (GR), destinada prioritariamente à especialização técnica, sendo denominada Especialização Inicial Continuada (EIC), com três opções de áreas: eletroeletrônica, apoio ou mecânica. Como Grumete o aluno perceberá bolsa-auxílio atinente a sua graduação, sendo no valor total bruto de R$ 1.398,30.

Ao concluir o curso com aproveitamento, o Grumete será promovido à graduação de Marinheiro e, para atender às necessidades dos Setores de Distribuição de Pessoal da Marinha do Brasil, poderá ser designado para servir a bordo de navio ou em Organização Militar (OM) da MB, em todo o território nacional, com remuneração bruta de R$ 2.294,50. Desde que sejam cumpridos os requisitos mínimos previstos no PCPM e na legislação em vigor, ao longo da sua carreira, a praça poderá atingir até sua última graduação na carreira, a de Suboficial.

Veja outros concursos com inscrições abertas em todo o Brasil |

Deixe abaixo os seus comentários e também acompanhe as principais notícias do blog Concurseiros no Linkedin, Facebook e Instagram da blogueira Thais Nunes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]