Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Entrevista com o perito em crimes digitais, Wanderson Castilho, sobre a pane do Facebook, Instagram e Whatsapp em nível global no último dia 4 de outubro.

>> Faça parte do canal de Vida e Cidadania no Telegram

Wanderson calcula que cinco bilhões de usuários de internet ficaram por mais de seis horas sem acesso às principais plataformas de mensagens e redes sociais. A empresa, que tem o monopólio da comunicação via aplicativos, perdeu uma fortuna em preço de mercado, além de amargar queda bilionária na receita advinda de anúncios que deixaram de circular.

Para a população os prejuízos são incalculáveis. Milhões de empresários e empreendedores perderam negócios, estudantes deixaram de receber links de acesso a aulas e até denúncias de crimes deixaram de ser feitas. Wanderson conta o caso de um sequestrado que chegou a mandar pedido de socorro pelo WhatsApp, mas a mensagem não foi entregue.

O que causou a pane? Algo parecido pode acontecer de novo? Que orientações seguir para não ficar na mão de um único monopólio de mídia? Para saber as respostas assista à entrevista em vídeo, clicando no play da imagem que ilustra esta página.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]