i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Diogo Schelp

Foto de perfil de Diogo Schelp
Ver perfil
Internacional

Absolvido no Senado, Trump prepara suas próximas cartadas

  • Diogo SchelpPor Diogo Schelp
  • 14/02/2021 18:00
Trump
O ex-presidente americano Donald Trump mostra manchete de jornal sobre sua primeira absolvição de impeachment, em janeiro de 2020| Foto: Drew Angerer/ Getty Images

Confirmando o que apontavam as previsões mais realistas, o ex-presidente americano Donald Trump foi absolvido no julgamento de impeachment realizado no Senado americano, neste sábado (13). É o segundo processo de impedimento enfrentado por Trump. No primeiro, quando ainda era presidente, foi absolvido em janeiro de 2020 da acusação de ter usado o cargo para pressionar um governo estrangeiro a ajudá-lo a encontrar informações constrangedores a respeito de seu adversário político Joe Biden — por quem acabou sendo derrotado nas eleições de novembro do ano passado. O que estava em jogo nesse novo julgamento não era o cargo presidencial, que já havia terminado, mas a possibilidade de que ele se tornasse inelegível. Trump prepara, agora, as próximas cartadas para voltar à Casa Branca em 2025.

A seguir, uma lista das quatro cartadas que Trump prepara para manter-se influente na política americana nos próximos quatro anos e para garantir o seu lugar no pleito de 2024:

  1. Encontrar uma novo canal de comunicação com sua base eleitoral. Trump foi banido do Twitter no início de janeiro, dias após a invasão do congresso americano por apoiadores que ele havia incitado em discurso e em postagens na rede social. Outras onze plataformas online também impuseram restrições a Trump. O aplicativo de uma rede social alternativa, a Parler, muito usada por seus apoiadores, deixou de ser oferecida por Google, Apple e Amazon. Tratam-se de golpes duros na capacidade de Trump direcionar-se diretamente a seus seguidores, pois era extremamente atuante e prolífico em suas mensagens. Trump era uma metralhadora de tuítes. Agora, contenta-se em enviar suas mensagens por meio de contas de terceiros ou de grupos de apoiadores. Mas o alcance não é o mesmo, e Trump não tem acesso direito a elas. A conta "Trump War Room", por exemplo, que divulgou o seu comunicado oficial após a absolvição no Senado, tem 1,3 milhão de seguidores no Twitter. É bastante, mas não se compara aos 88 milhões de seguidores que Trump tinha em sua conta pessoal. Além disso, a maior parte da imprensa americana, que viveu sob ataque constante de Trump durante sua presidência, está disposta a silenciar o ex-presidente por meio de uma tática simples, mas efetiva: ignorá-lo solenemente. Após o ataque ao Capitólio, a sede legislativa americana, até mesmo uma parte importante da imprensa conservadora voltou as costas para Trump e reconheceu que ele havia passado dos limites e que estava prejudicando o próprio Partido Republicano. Para contornar isso, o bilionário Trump chegou a aventar a possibilidade de criar seu próprio canal de TV. Mas talvez não precise ir tão longe. Canais como a Fox News já se reposicionaram e deixaram claro para sua audiência que continuarão sendo o porto seguro dos trumpistas. Pode não ser o suficiente. Para o seu projeto de retorno à presidência, Trump precisa de uma estratégia digital que contorne a censura imposta pelas grandes empresas de mídia social;
  2. Garantir seu domínio sobre o Partido Republicano. A absolvição de Trump foi possível porque o Senado americano tem metade de suas cadeiras ocupadas por parlamentares republicanos. Ainda assim, sete deles votaram pelo impeachment de Trump (para que ele fosse condenado, pelo menos metade deles precisariam ter votado como os democratas). Trump procura uma maneira de vingar-se dos republicanos que votaram contra ele, expurgando-os do partido ou encontrando outra forma de puni-los politicamente. Mas isso pode levar a um racha interno com efeitos negativos para as eleições legislativas de meio de mandato, em 2022, quando serão renovados todos o deputados e um terço dos senadores. As eleições de meio de mandato são essenciais para mudar o equilíbrio político em Washington, em preparação para o pleito presidencial dois anos depois. A força política de Trump dentro do Partido Republicano decorre dos 74,3 milhões de votos que ele, mesmo derrotado, recebeu em sua tentativa de reeleição no ano passado. Sua fraqueza, porém, reside no fato de que ele não é uma unanimidade no partido. Segundo uma pesquisa Ipsos/Reuters realizada este mês, metade dos eleitores republicanos acredita que Trump tem alguma responsabilidade pela invasão violenta do Capitólio, no dia 6 de janeiro. E há uma ala de políticos republicanos tradicionais que está disposta a recuperar o controle do partido das mãos do trumpismo. Isso inclui, por exemplo, o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, que votou contra o impeachment de Trump por considerar que seria inconstitucional fazê-lo com um ex-presidente, mas que deixou claro que considera, sim, que o bilionário é culpado pelo ataque às instituições democráticas no episódio da invasão do congresso. Para garantir sua influência sobre o partido, Trump terá que optar entre dois caminhos: apaziguar os ânimos e reconciliar-se com a ala tradicional ou partir para o confronto com os "traidores", expurgando-os ou submetendo-os aos seus objetivos.
  3. Reformar os sistemas de votação nos estados. Trump está disposto a seguir com sua narrativa de que só perdeu as eleições porque foi vítima de fraude. Nos Estados Unidos, cada estado tem seu próprio sistema de votação, e Trump pretende convencer seus aliados políticos a reformar cada um deles. Porém, isso também tem potencial para causar divisões dentro do Partido Republicano, pois muitos de seus líderes, em nível nacional ou local, não concordam com as acusações de fraude eleitoral feitas por Trump;
  4. Provar que é inocente de novo e de novo. O fato de ter sido absolvido em um julgamento político como é o impeachment não significa que Trump está livre de punição por seu papel na invasão do Capitólio ou por sua tentativa de empastelar o resultado das eleições. Ele já está na mira da Justiça por ter pressionado um funcionário do estado da Georgia (que, por sinal, é republicano) para encontrar votos a favor dele nas recontagens. Também há a possibilidade de ser investigado criminalmente pela incitação à invasão do Capitólio. Há diversos outros processos sendo montados contra ele na Justiça por diferentes atos governamentais e por conflito de interesses em seus negócios. Trump sempre se saiu bem em litígios, mas o prenúncio agora é de uma tempestade de processos. Ele terá que provar repetidas vezes que é inocente e não possui mais a imunidade presidencial para protegê-lo.

Apesar dos desafios, Trump obteve, com sua absolvição no Senado, uma sobrevida ao seu projeto político. Além disso, com ou sem ele no páreo, o trumpismo seguirá sendo uma força importante nos Estados Unidos, que muitos políticos procurarão explorar.

22 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 22 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Arthur Piccolomini de Azevedo

    ± 1 minutos

    Como sempre, o articulista escreve um artigo cheio de meias verdades e com o claro viés da esquerda globalista, comprando pelo preço de face as mentiras veiculadas pela grande mídia. Nem sei porque continuo a ler os textos desse cara. Devo ser masoquista.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Anderson de Abreu Alves

      ± 3 horas

      Artigo parcial e desvinculado da realidade. Falta de vergonha na cara é pouco!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • A

        Adriano

        15/02/2021 20:06:01

        Descontando a história da fraude eleitoral, que teria que ser muito grande para fazer diferença e portanto passível de ser provada, há uma grande parte dos cidadãos americanos que não engolem o jeitão pouco polido do Trump, não haviam comparecido às urnas na eleição anterior, mas agora votaram contra ele. São esses que teriam que ser conquistados.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • W

          Willian Cardoso de Souza Jesus

          15/02/2021 18:56:05

          Qualquer um que se opor às agendas marxistas e globalistas que a esquerda mundial promove será alvo de ATAQUES e CANCELMENTO por parte da lacrosfera. E o Trump hoje é o maior símbolo de oposição a ambas as agendas e, não por coincidência, é hoje o ALVO Nº1 dos globalistas e marxistas poderosos (mídia, metacapitalistas, políticos de esquerda, militâncias de esquerda, etc). Esse é o principal motivo de eu apoiar o Trump. Não por ele ser um estadista, como Reagan e Churchill, mas por ele ser esse grande símbolo de combate a essas AGENDAS DIABÓLICAS.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • O

            O Pragmático

            15/02/2021 18:19:58

            Trump, Biden, Lula são pessoas velhas. Após os 80 anos a condição física decai rapidamente para suportar a vida agitada da política. Não creio que nenhum deles será candidato novamente.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • C

              Celso Arruda Salomé

              15/02/2021 18:04:37

              Donald vai ser novamente eleito em 2026, mesmo com fraude, como Bolsonaro foi no primeiro turno em 2018, mas só conseguiram deixa-lo assumir após vitória esmagadora no segundo turno, com aproximadamente 90 por cento dos votos, mas infelizmente contabilizados somente 57 milhões de votos.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • G

                Giba12

                15/02/2021 17:19:50

                Que Trump faça um bom trabalho de recuperação de imagem e volte por cima em 2025.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • J

                  Jr

                  15/02/2021 16:51:07

                  A tática do cancelamento, praticada pelo do twiter, deu errado e o impeachment saiu pelo ralo. KKKKK

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    Luis_GonzagaBR

                    15/02/2021 16:46:23

                    Apenas mais um jornalista "isentão" usando as fake news e as mentiras costumeiras da imprensa e dos **** "progressistas" para fazer um texto "equilibrado", mas eivado de leviandades e sofismas. Típico da escola de Zeca Diabo (ops, Zé Dirceu) et caterva, muito em voga na mídia atual. Real, porém lamentável.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • L

                      Lucio Araripe de Abreu e Lima

                      15/02/2021 15:35:34

                      O poder, Ah o poder...Já escrevi aqui que o mundo mudou. Lembram da eleição da Dilma ? O que João Santana, o marqueteiro do PT fez com a Marina ? Aquilo foi o lançamento do primeiro "gabinete do ódio". Daí em diante, passou a valer tudo. Gabinete do ódio, gabinete do horror, cancelamentos, mídia militante, algumas pitadas de psicopatia ( frase do ministro Barroso ) do STF, alianças espúrias e acima de tudo traições às promessas de campanha. Nos EUA não haverá paz. Aqui , também. Só que, depois das eleições, nós do povo votaremos à nossa miséria costumeira e os americanos continuarão a atirar uns nos outros. Mas, nós vamos chegar lá.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • G

                        GP

                        15/02/2021 16:14:40

                        Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • T

                          TIAGO

                          15/02/2021 14:38:15

                          Sabendo que existe uma horda de pessoas mau caráter e cnalhas que dizem que Trump incentivou a invasão no Capitólio o colunista disse que "Trump incentivou os apoiadores" sem esclarecer se incentivou os apoiadores protestar ou invadir o Capitólio. O colunista deveria ser mais claro nas suas colocações para nós sabermos em que lado ele está. Se do lado dos que divulgam informações ou do lado dos cnalhas que distorcem a realidade para criar narrativas.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          1 Respostas
                          • W

                            Willian Cardoso de Souza Jesus

                            15/02/2021 18:58:42

                            Ele não tem obrigação de se posicionar. O dever dele como jornalista é dar a notícia RESPEITANDO OS FATOS. Opinar ou não é um DIREITO que lhe cabe, desde que ele se atenha aos fatos, sem deturpá-los.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                        • S

                          salcutrim

                          15/02/2021 14:34:27

                          Trump perdeu pra ele mesmo. Nao soube explorar a pandemia como a esquerda. Nao soube ser politico. Se aprender com os erros, ele volta logo a casa Branca. Bolsonaro ainda tem dois anos para aprender com Trump, ou a esquerda volta e ai lascou tudo.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • E

                            Eden Lopes Feldman

                            15/02/2021 12:30:37

                            Esta eleição americana provou a força da mídia, e da parcialidade dos donos das mídias sociais, que acabaram provocando tanta confusão. A reação das pessoas foi muito emocional, e a esquerda soube como provocar os eventos agindo de forma ideológica condenando o conservadorismo. Mas certamente isto apenas trará uma discussão maior e a divisão se ampliará. Estados Unidos e Brasil são os países mais divididos politicamente, justamente pelo embate entre o que simplificamos como esquerda e direita. Não gosto da esquerda, e por isto acha que a direita tem que ser mais inteligente e contornar o jornalismo ideológico e o domínio das redes sociais pela esquerda. Novas estruturas tem que surgir.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • M

                              Mauricio Conde

                              15/02/2021 12:02:29

                              Até 2024 muita coisa pode acontecer. Mas o mais importante hoje para os republicanos é nas eleições de meio de mandato a recuperação do controle ou do senado federal ou da câmara dos deputados. É importante que os ânimos estejam apaziguados dentro do partido Republicano para que isso ocorra.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • L

                                Luiz

                                15/02/2021 11:14:10

                                Schelp, o jornalista com viés - sabemos qual é - por que não usa sua caneta, ops, teclado, pra falar da absurda censura autoritária e nadinha democrática do Tuíter contra o Trump? Outros processos? Fake, mentiras, Schelp. Tal lá como cá, com o "Bozo", a perseguição criminosa ao Trump pela extrema imprensa é método. E dos mais deploráveis possíveis, né? A cultura do cancelamento da turma do "bem", vaticino, se voltará um dia contra eles. Aliás, isso já está acontecendo, o povo sabe distinguir as coisas. O tempo vai dizer.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • Z

                                  Zé Costa.

                                  15/02/2021 7:13:09

                                  Força, Mr . Trump . Que sirva de exemplo para nós brasileiros, pois é o mesmo que vai acontecer com o Brasil nas próximas eleições, a esquerda como sempre suja e **** vai fazer de tudo e de ruim para ganhar, aliás para eles isso é normal , pode tudo . Temos que vigiar e cuidar dos resuktados destas eleições futuras.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • M

                                    Maria da Gloria Linares Fernandes

                                    15/02/2021 4:29:24

                                    Go Trump!!!

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • C

                                      Carmo Augusto Vicentini

                                      15/02/2021 1:24:00

                                      Diogo poderia por favor reproduzir uma frase de Trump que mostre que ele incentivou a invasão ao Capitólio?

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      2 Respostas
                                      • I

                                        irineu umberto librenza

                                        15/02/2021 17:45:26

                                        Sarmento: " as falcatruas que foi " ? " mensionar "? Todo cuidado é pouco aqui no Brasil com o analfabetismo de uma certa manada.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                      • J

                                        JR.SARMENTO

                                        15/02/2021 3:41:44

                                        Não vai fazer isso!! Nem as falcatruas que foi a política americana vão mensionar! Esses canhotas... Todo cuidado é pouco aqui no Brasil com a malandragem dos políticos corruptos.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                    Fim dos comentários.