i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Flor de Sal

Foto de perfil de Flor de Sal
Ver perfil

Os obstáculos e as limitações de uma alimentação restrita

Livros para desenvolver mais autonomia na cozinha

  • PorGabi Mahamud
  • 17/02/2021 18:28
Livros para desenvolver mais autonomia na cozinha
| Foto:

Ninguém nasce sabendo cozinhar. É através da experiência familiar que temos o primeiro contato com essa prática e determinamos o grau de proximidade com ela. Com o tempo, experiências pessoais vão nos conduzindo para um contato mais próximo ou mais distante, à depender de nossa facilidade, habilidades manuais, paciência e necessidade de aprender - quem nunca passou aperto na época da faculdade que atire a primeira pedra.

Não foi diferente comigo. Apesar da nítida facilidade com trabalhos manuais, desde a infância, eu tive que me dedicar bastante pra entender melhor os a mágica de uma comida bem feita. Nesse processo, 4 livros foram essenciais pra que eu me sentisse mais segura pra explorar novos sabores e técnicas enquanto experimentava novos pratos na cozinha.

COMO COZINHAR SEM RECEITAS - Glynn Christian (Editora Gutenberg)

Foi minha primeira leitura do gênero e sou fã até hoje! Glynn Christian é um chef da Grã-Bretanha famoso por seu conhecimento de ingredientes especializados, iguarias e receitas gourmet. A ideia principal do livro é que todas as comidas das quais gostamos surgem do que ele chama de "trilhas do sabor". O autor defende o prazer e a liberdade de improvisar na cozinha e, pra isso, ensina como discernir gostos e sabores, detalha os cinco gostos básicos: doce, salgado, amargo, azedo e umami e o que os caracteriza, ensina como reconhecer os ingredientes que possuem afinidades naturais ou que se complementam e como combiná-los de forma que tenhamos mais prazer ao saborear um prato. Além do conteúdo super rico, ele também disponibiliza listas curtas e generosas de afinidades clássicas entre ingredientes (dos cinco gostos e de famílias de sabor).

O DICIONÁRIO DOS SABORES - Niki Segnit (Editora Lua de Papel)

Ele é, literalmente, um dicionário, mas um dicionário fantástico! Não compre este livro esperando encontrar conteúdo teórico, mas SIM matéria prima pra se divertir muito na cozinha. A autora basicamente faz uma lista gigante de combinações por similaridade ou por contraste de sabores. São mais de 460 páginas de muitas ideias para se explorar. (Eu desenvolvi uma receita de Fudge de chocolate com azeite e tomilho baseado no conteúdo dela - modéstia à parte, ficou sensacional)

THE VEGETARIAN FLAVOR BIBLE - Karen Page (Editora Little Brown)

Minha grande motivação para aprender a cozinhar bem durante minha fase vegetariana era: "não aguento mais comer comida ruim". Quando comecei, em 2013, o vegetarianismo ainda não era tão difundido e as ofertas em restaurantes e cafés deixavam muito a desejar em termos de sabor. Esse livro me ajudou muito porque ele é bem completinho (são mais de 550 páginas) explicando como maximizar o sabor dos alimentos, como identificar o "sabor base" de um alimento (se ele é em essência amargo, doce, etc), como combinar sabores, quais técnicas são melhores pra cada ingrediente ou prato, em qual estação o vegetal está em seu máximo de sabor, e até possíveis substituições. Eu amo muito!

DICAS PARA COZINHAR BEM - Harold McGEE (Editora Zahar)

Bem como seu título indica, é um livro que ensina como aproveitar melhor os alimentos e receitas. Ele nos introduz a algum conteúdo sobre culinária, como: quais são os recursos básicos da cozinha, utensílios, como trabalhar com o calor e equipamentos para aquecer, técnicas culinárias, conhecendo melhor os alimentos e então passa, "área por área" explicando como potencializar o sabor e tirar o melhor proveito de frutas, legumes, carnes, ovos, pães, bolos, sorvetes, etc. Me tirou muitas dúvidas relativamente bobas, como por exemplo: como garantir a crocância da pele da sobrecoxa de frango assada.

E você, qual foi o livro de culinária que mais te ajudou?

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.