Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • L

    Leonidas Moura

    ± 2 dias

    É com editoriais assim que as coisas voltam aos eixos. Por décadas, falar sobre religião, cristianismo e fé, estava restrito aos púlpitos e publicações doutrinárias ( que têm justa função ), mas a discussão não acaba dentro das igrejas ou nos momentos de estudo e doutrina. Cristianismo como elemento primitivo (no sentido de que é primordial), basilar, fundante da nossa cultura, isso precisa (e está a ser) resgatado. Parabéns à Gazeta e seus articulistas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LEONARDO RIBAS GOMES

    ± 2 dias

    o ideal mesmo Francisco, em todas as discussões, seria as pessoas usarem a razão, a ciência, como ponto de partida. Sem recorrer a amigos imaginários para doutrinar o modus operandi do pensamento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.