Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Responsabilidade Social Empresarial e os ODS
| Foto: Freepik

A Responsabilidade Social Empresarial - RSE não é um conceito novo, ela abrange todas as ações que atendam a sociedade de alguma forma, seja, ambiental, social e econômica, alguns conceitos apontam que a responsabilidade social das empresas compreende as expectativas econômicas, legais, éticas e discricionárias que a sociedade tem em relação às organizações em dado período.

Quando falamos de responsabilidade social empresarial não podemos deixar de fora o conceito de sustentabilidade, o qual visa estabelecer um equilíbrio entre o que a natureza pode nos oferecer, qual o limite para o consumo dos recursos naturais e a melhoria na nossa qualidade de vida. Segundo Sachs, existem oito dimensões da sustentabilidade que devem ser levadas em conta além do ambiental, social, econômica, também as dimensões: ecológica, cultural, territorial, política nacional e internacional.

Todas essas abordagens só nos fazem pensar que seja qual for o ramo da empresa, essa precisa estar com seus valores focados na questão da responsabilidade social e como tal estes devem estar disseminados em sua missão e visão. Para que todos na empresa entendam e coloquem em prática a responsabilidade social empresarial é necessário que a empresa tenha um cuidado efetivo com seus colaboradores e demais partes interessadas, por meio de sua cultura organizacional. A cultura organizacional é conjunto de pressupostos criados, desenvolvidos ou descobertos, num processo de aprendizagem coletiva, é por meio da cultura organizacional que se garante que os colaboradores estarão alinhados com a empresa.

As organizações podem desenvolver ações sociais que impactem positivamente na sociedade (Pessoas e Planeta) e mesmo assim garantir a lucratividade do negócio (Prosperidade), não esquecendo da transparência e da ética (Paz e Parcerias).

Algumas sugestões para aqueles que estão começando o seu programa de Responsabilidade Social Empresarial:

  • Rever missão, visão e valores e elaborar uma Política de Sustentabilidade;
  • Criar um Programa de Compliance;
  • Criar um Programa de voluntariado como forma de engajamento;
  • Propor e participar de Projetos e eventos de sustentabilidade;
  • Desenvolver a Responsabilidade Social Empresarial internamente com os colaboradores em todos os níveis da da organização;
  • Desenvolver a RSE com os demais partes interessadas (acionistas, fornecedores, clientes, meio ambiente, governo e outros);
  • Aderir aos ODS e realizar amplas campanhas dentro da organização;
  • Criar indicadores que auxiliem no monitoramento dos processos organizacionais para garantir o sucesso das ações;
  • Conhecer e aderir ao Pacto Global, PRME ou HUB ODS Paraná, Movimento Nacional ODS e outros movimentos em prol dos ODS;
  • Fomentar parcerias em prol da realização de boas práticas individuais e coletivas.

Cabe a cada organização desenvolver seu programa para cumprir com a responsabilidade social empresarial, considerando seus valores e seu papel no mundo atual, garantindo um mundo melhor para todos!
E cada um de nós pode assumir seu papel frente aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável escolhendo um para ser sua bandeira:

*Artigo escrito por Andrea Bier Serafim, Administradora, Doutoranda em Educação, Coordenadora do Núcleo de Extensão da FAE Centro Universitário e Conselheira - Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial -  CPCE.

O Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial é parceiro Voluntário do Instituto GRPCOM no Blog Giro Sustentável.

**Quer saber mais sobre cidadania, educação, cultura, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom e Instagram: instagram.com/institutogrpcom

gazetadopovo

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]